VENDAS NOS SHOPPINGS

Abrasce aponta que em maio as vendas cresceram 4,9% nos shoppings

Segundo a Abrasce, o crescimento das vendas dos lojistas dos shoppings tem grande relação com o aumento no ritmo de vendas nas semanas que antecederam o Dia das Mães
10-07-2018
Fonte: Redação
Foto: Reprodução

O mês de maio fechou com saldo positivo em vendas nos shoppings Centers do país, independente da paralisação provocada pela greve dos caminhoneiros.

Dados da  Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) apontam alta nominal de 4,9% em maio, frente ao mesmo mês do ano passado.

A alta foi puxada principalmente pelo segmento de lazer e entretenimento, que teve expansão de 26,54%. Depois apareceram os segmentos alimentação (7,73%) e vestuário (3,71%).

Segundo a Abrasce, o crescimento das vendas dos lojistas dos shoppings tem grande relação com o aumento no ritmo de vendas nas semanas que antecederam o Dia das Mães, segunda data mais importante do ano para o comércio varejista. Segundo o levantamento, a receita nominal apurada no período entre os dias 7 a 13 de maio registrou alta de 6,7% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Caminhoneiros

O desempenho das vendas nos shoppings em maio só não foi melhor em função do impacto negativo da greve dos caminhoneiros nas últimas semanas do mês, que bloquearam estradas de todo o País, afetando a distribuição de mercadorias e o deslocamento de consumidores. As vendas registraram reduções entre os dias 25 e 28 de maio, com destaque para a forte diminuição de 28% no dia 27 (domingo).

Apesar disso, a Abrasce reiterou sua projeção de crescimento em torno de 5% a 6% nas vendas dos shoppings em 2018 em comparação ao ano passado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



FINANÇAS PESSOAIS