Avanço no turismo MT

Conselho Estadual de Turismo trará mais desenvolvimento a MT

12-08-2017
Fonte: Reportagem
Foto: MT Econômico

Na última sexta-feira (11) foi realizada a posse dos membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo (CEDTUR), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL). O decreto para a criação do Conselho foi publicado no dia 03 de julho deste ano pelo governador de Mato Grosso Pedro Taques e aprovado pela Assembleia Legislativa.

"O CEDTUR significa uma conquista do setor que luta desde o século passado para que fosse criado um mecanismo que organizasse representantes de entidades, profissionais do segmento e poder público. Isso vai possibilitar maior integração e viabilidade das discussões necessárias para o desenvolvimento do turismo de Mato Grosso" disse Oiran Gutierrez, presidente do Sindicato das empresas de turismo de Mato Grosso (Sindetur).

O turismo é um dos grandes segmentos econômicos do estado que tem potencialidade comparada ao agronegócio. O turismo chega a movimentar 52 setores da economia. Com a regulamentação do Conselho os projetos continuarão mesmo se houver troca de gestão após período eleitoral, pois como de costume, muitos gestores públicos costumam desconsiderar trabalhos realizados pela gestão anterior e começam um ‘novo trabalho’ com a marca da ‘nova gestão’. Neste caso quem acaba perdendo é a população e o setor representativo.

“Não havia projetos prioritários, agora podemos traçar metas de médio e longo prazo fazendo o turismo como um dos pilares de desenvolvimento de Mato Grosso. Assim como a feira internacional do Turismo (FIT Pantanal) foi retomada pelo governo, é importante haver outros meios de divulgação também nessa área. Estamos elaborando uma campanha nos aeroportos para divulgar as maravilhas do estado a nível nacional e internacional. Pretendemos também trazer grandes eventos, através da regulamentação do Fundo Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Funtur)”, salienta Luis Carlos Nigro, Secretário Adjunto de Turismo do Estado de Mato Grosso e membro do CEDTUR.

“A partir de agora temos um Conselho consultivo e deliberativo, onde as questões do turismo serão discutidas de forma mais ampla. Temos que trabalhar um marketing turístico, capacitando o trade e fazendo ações para promover nosso estado. Teremos quatro câmaras temáticas pra avaliar as solicitações da capital e do interior” comenta Jaime Okamura, presidente da Confederação Nacional do Turismo (CNtur), atuante no setor de turismo há mais de 30 anos e membro do novo Conselho Estadual.

A gestão do Conselho é formada por membros do poder público e sociedade civil organizada. “O próprio cidadão vai fiscalizar e poder opinar no Conselho, uma oportunidade que não tiveram na Copa do Mundo. Precisamos inclusive terminar as obras da Salgadeira, na Chapada dos Guimarães, além de divulgar o que temos aqui, na nossa capital. Vamos ter uma agência formada pelo Estado para fazer a prospecção de turistas para conhecerem as nossas riquezas naturais” disse o governador de Mato Grosso Pedro Taques.

A promoção e divulgação dos destinos turísticos de Mato Grosso também será de responsabilidade do CEDTUR, estimulando ações para o desenvolvimento do setor no Estado e promovendo interação com empresários do ramo. Hoje em dia existe uma parceria entre o governo e proprietários de pousadas da região da transpantaneira na construção de pontes de concreto, acabando de vez com a falta de acesso na região. “Esperamos novas ideias, o turismo precisa superar essa crise mundial e nacional. estamos lutando junto com a ADEPAN (Associação de Defesa do Pantanal) para ter mais pontes, postos fiscais e tudo isso vai melhorar o turismo. Os problemas de acesso já estão sendo totalmente resolvidos depois dos projetos na transpantaneira, o que aliviou e nos deu ânimo” ponderou Cássio Campos, membro da ADEPAN e proprietário de uma pousada na região do pantanal.

A prefeitura de Cuiabá está no mesmo ritmo de priorizar a divulgação do potencial local, através da criação da Secretaria dos 300 anos que vai enobrecer a capital mato-grossense com projetos inovadores. “O nosso objetivo é incentivar o turismo para movimentar a economia e atrair turistas e investimentos. O ramo hoteleiro está preparado, temos locais para realização de grandes congressos e precisamos além disso, alavancar ações conjuntas, gerando mais emprego e renda, movimentando a atividade empresarial” disse Niuan Ribeiro, prefeito de Cuiabá em exercício, que esclareceu a ausência do prefeito Emanuel Pinheiro devido a uma viagem aos Estados Unidos para firmar parcerias internacionais na implantação de projetos de mobilidade urbana, desenvolvimento ambiental, tecnologia, educação e cultura para a capital de Mato Grosso.

Os lojistas, principalmente do Centro histórico de Cuiabá esperam apoio do poder público e aguardam melhorias na divulgação, tanto para os cuiabanos como para os estrangeiros que visitam com frequência as lojas da cidade. “A medida que o tempo passar e o Conselho começar a atuar, vamos colher os resultados. O Conselho tem boas propostas, só precisam ser executadas” fala Nelson Soares, presidente da Câmara de Dirigentes lojistas de Cuiabá (CDL).

O presidente da Fecomércio/MT, Hermes Martins disse que a Federação dará total apoio ao Conselho. “Temos que trabalhar de forma conjunta, é um passo importante para o desenvolvimento não só de um setor, mas da economia como um todo, pois o turismo movimenta vários segmentos como a rede hoteleira, restaurantes, pousadas, além de divulgar as belezas do Estado”, ressalta Martins.

Compartilhe nas mídias sociais