Energia sustentável

CRA-MT é o primeiro do Brasil a produzir sua própria energia

08-08-2017
Fonte: Reportagem
Foto: MT Econômico

Há três anos o presidente do Conselho de Administração de Mato Grosso (CRA MT), Hélio Tito, vem buscando meios e recursos para execução de um projeto de geração de energia sustentável. Hoje, o CRA de Mato Grosso é o primeiro Conselho Profissional do Brasil [considerando os Conselhos de todas as profissões], a produzir sua própria energia. “Foi um desafio grande pelos processos a serem seguidos, mas agora podemos comemorar mais que uma geração de energia, uma sustentabilidade e inovação que pode se tornar referência em todo Brasil” diz Tito.

“A mentalidade das organizações precisa avançar. O que faz a mudança são as ações e inovações. Helio Tito tem a capacidade enorme de gestão e aglutinar pessoas, entendendo a posição do outro. Mais importante do que a palavra e o desejo é a ação concreta. Hoje juntamente com sua equipe, o Conselho Regional de Mato Grosso marca um novo tempo”, destaca o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Wagner Siqueira.

Presidentes dos CRA’s de vários estados, incluindo do CFA, empresários, autoridades, profissionais e professores acadêmicos estiveram na sede do Conselho de Administração de Mato Grosso, nesta segunda (07), prestigiando o lançamento da sua Usina de Geração de Energia Solar.

A instalação de painéis para captação de energia solar é uma opção de investimento para pessoas físicas e jurídicas que permite uma economia considerável na tarifa elétrica, pois pode substituir o consumo da eletricidade convencional. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a estimativa é de que até 2024 cerca de 700 mil imóveis estejam produzindo sua própria energia. Um investimento que tem o retorno previsto de 04 a 07 anos.

Há dois anos o Sebrae vem elaborando projetos relacionados a instalação de usinas fotovoltaicas. A ideia surgiu a partir de uma visita em 2013 à Alemanha que não possui fontes para geração de energia como no Brasil, estimulando as empresas a criarem atividades paralelas, mostrando o bom negócio de gerar energia. “O Sebrae hoje produz 100% da sua energia, pagamos uma taxa mínima para manter a rede. O CRA é nosso parceiro e nos convidou para assessorar neste projeto. O Conselho contratou uma empresa para instalação dos painéis e hoje pode produzir uma economia de 80% nos custos de energia do seu prédio. É sem dúvidas, um novo modelo de geração de energia” celebra José Valdir Santiago Junior, do Centro Sebrae de Sustentabilidade.

Nelson Tinoco, da empresa Ipê Solar, responsável pela instalação do sistema solar do CRA-MT, está no mercado há 04 anos e foi quem venceu a licitação para operacionalizar a implantação dos painéis e sistema de geração de energia sustentável no Conselho. “Consagramos como vencedores do processo licitatório e entregamos a obra dentro do prazo. O investimento não ficou por menos de R$200.000” comenta o representante da empresa. São 60 placas, com vida útil de 25 anos e uma garantia de 80% de eficiência, movimentando a economia local, a mão de obra, os setores de engenharia e a compra de equipamentos.

Além da inauguração do novo sistema de energia solar do CRA-MT, o evento foi marcado pela entrega dos títulos de Administradores Eméritos 2016/17 ao Adm. César Miranda (Secretário de Gestão da Prefeitura Municipal de Várzea Grande) e Adm. Joaquim Curvo (sócio-proprietário da Maxvinil). Foi apresentado também, o sistema de autoatendimento do Conselho que beneficiará profissionais, empresas, estudantes e toda sociedade.

Veja nesta matéria fotos do evento.

 

Compartilhe nas mídias sociais