Eletroposto

Cuiabá pode ter posto para carro elétrico. Energias renováveis avançam no mercado.

A tecnologia do Eletroposto pode ser uma boa alternativa para economia de combustível e preservação do meio ambiente
12-04-2018
Fonte: Reportagem
Foto: MT Econômico

Um novo projeto tecnológico está sendo estudado em Mato Grosso. Como alternativa de redução no custo de combustível e preservação do meio ambiente, um posto para carros elétricos pode ser instalado em Cuiabá-MT. O intuito é que a novidade seja primeiramente instalada na capital e depois em cidades estratégicas do estado. O projeto inovador tem reunido investidores, empresas privadas e parcerias do poder público e entidades para discutir o assunto.

O presidente do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás do estado de Mato Grosso (Sindenergia), José Antônio de Mesquita, disse ao Mato Grosso Econômico que está confiante de que a inovação trará muitos benefícios para o desenvolvimento econômico e preservação ambiental do estado. “Por que além de contribuir com o meio ambiente, o consumidor terá um custo menor para se locomover”, afirmou ele. No mundo, já existem vários modelos de carros elétricos. Os veículos que funcionam por eletricidade utilizam baterias como fonte de energia. Eles podem ser movidos a base de hidrogênio e muitos deles contam com zero poluentes.

Mesquita declarou que o estudo em andamento para implantação do projeto em Mato Grosso conta com profissionais capacitados. “Nós acreditamos em inovações tecnológicas, o carro elétrico já é uma realidade e no futuro, vamos ter cada vez mais a utilização deste tipo de tecnologia para a mobilidade das pessoas. Vamos poder carregar os carros em nossas garagens, com apoio da energia solar e também como o apoio dos postos para carros elétricos, os Eletropostos. Vamos ter um deslocamento mais em conta” comentou o presidente do Sindenergia à reportagem. Em relação ao preço, disse que haverá um momento que será acessível para todos. “Vai ter carro popular elétrico com preço acessível e isso não vai demorar, a tendência é essa”, disse ele.

A novidade do Eletroposto e seus benefícios é um dos temas que serão apresentados no 9º Seminário de Energia, que será realizado entre os dias 21 e 23 do mês de maio deste ano, no auditório da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), em Cuiabá. O evento contará com vários convidados especiais, além de empresários do setor e líderes do setor energético para discutir fontes renováveis e inovações tecnológicas.

Além do Eletroposto, o evento discutirá também a energia renovável, projeto que está se expandindo no mercado mato-grossense e tornou uma grande aposta dos investidores. “É necessário investir em energia barata e renovável. Esse tipo de energia está se despontando, ficando cada vez mais com preço acessível, disse Mesquita que aposta na inovação para o crescimento não só do estado, mas também do país. “Nós temos uma visão de futuro, que o Brasil volte a crescer e precisamos de energia. É impossível ter crescimento sem energia. As fontes atuais de geração, transmissão e distribuição de energia, também são muito importantes no processo de desenvolvimento econômico e social”, enfatizou.

Hoje em dia, uma fonte que tem sido cada vez mais utilizada para o fornecimento de energia limpa, é a solar.  Proveniente da luz e do calor do sol, é considerada uma fonte energética inesgotável. Empresas, indústrias e residências têm instalado placas fotovoltaicas em lugares estratégicos para atrair o calor e gerar energia e economia nos custos mensais. Para o consumidor que investe, leva em torno de 5 a 7 anos para ter o retorno do valor investido, depende do tamanho do projeto. Após esse tempo, as despesas serão apenas com manutenção das placas, que segundo especialistas, é mínimo, pois não ocorre frequentemente.

Devido a expansão deste tipo de energia em Mato Grosso, uma empresa chinesa está fazendo um investimento milionário em uma indústria de placas solares no estado. “Mato Grosso tem potencial, então, acho que devemos contribuir sim para o país gerando energia renovável, limpa e firme”, declarou Mesquita.

Para o representante do Sindicato de Energia de MT, o mundo vai chegar num modelo em que a tecnologia vai estar tão avançada, que as pessoas vão estranhar as mudanças. Como exemplo, ele falou do grafeno, considerado mais revolucionário do que o plástico e o silício, um grande avanço tecnológico de uso amplo e diversificado que permite uma durabilidade incomparável aos atuais meios de reserva e geração de energia. A Samsung por exemplo, já está testando baterias de celular com componente de grafeno para aumentar a durabilidade da carga. “Daqui a pouco vai ser como uma bateria de relógio que perde a carga a cada 1 ou 2 anos, bem diferente do que acontece hoje em dia com os celulares, que temos que carregar todos os dias”, finalizou Mesquita.

O MT Econômico traz para você também, alguns vídeos para saber mais sobre Eletropostos e carros elétricos. Nos estados de Santa Catarina e Paraná esses tipos de projetos já estão avançados. Veja abaixo:

Santa Catarina terá o primeiro corredor de postos para veículos elétricos do Sul do país

Carro elétrico pode ser uma alternativa para a mobilidade e uma solução de economia

Postos de abastecimento de carros elétricos COPEL - PR

 

Confira as matéria de hoje do MT Econômico. Acesse www.matogrossoeconomico.com.br

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



FINANÇAS PESSOAIS