MODA AFRO

Empresária investe em moda afro com roupas, brincos, turbantes e maquiagens para mulheres negras

Para Marcela, um dos grandes diferenciais de sua loja é trazer estes produtos para perto das clientes
12-01-2018
Fonte: Redação
Foto: Reprodução

Como o mercado oferece muito poucos artigos voltados para as mulheres negras, a cuiabana Marcela Moreira dos Santos Duarte, 35 anos, viu nesse segmento, uma oportunidade de negócio e abriu a  ‘Black Divas MT’, marca própria que vende roupas, brincos, turbantes e maquiagens da moda afro.

Ela trabalhava numa empresa de televendas e resolveu encarar e abriu seu próprio negócio. Então apostou  em algo diferente que é difícil de encontrar no mercado de Mato Grosso. “Procurava algum tipo de franquia que coubesse em meu orçamento, e em uma dessas pesquisas comecei a perceber que aqui é muito difícil encontrar produtos que tenham a característica de moda afro, foi onde surgiu a idéia de vender esse tipo de produtos”.

O ‘Black Divas MT’ surgiu em novembro de 2017, como marca própria, e desde então  ela - que já trabalhou como vendedora de produtos Avon, Natura, pães de mel e massageadores, antes de entrar na empresa onde está atualmente - vem ganhando um público fiel, que também sentia falta das mesmas coisas. Hoje, a loja é, inclusive, a única revendedora oficial da marca ‘Negra Rosa’, que trabalha com produtos focados na pele negra, em Cuiabá.

Para Marcela, um dos grandes diferenciais de sua loja é trazer estes produtos para perto das clientes. “Eu mesma, sempre que quis algo diferente que achava parecido com a minha cultura afro, tinha que pedir pela internet, pagar frete, e pedir no escuro sem saber se realmente gostaria dos produtos e se realmente iria recebê-los”, lembra. As marcas comercializadas por ela são Saudaafro; Boutique Krioula; Artesafro e Negra Rosa.

A ‘Black Divas MT’ atende com hora marcada, normalmente de segunda a sexta das 18h30 às 22h e aos sábados e domingos o dia todo. Marcela leva os produtos até a casa da cliente, e é possível negociar por WhatsApp, Facebook e Instagram. Para ela, a maior satisfação está em “ter perdido e medo de me ariscar, e ver a satisfação dos meus poucos clientes que já tenho em saber que eu estou trazendo esse conceito para Cuiabá”.

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



FINANÇAS PESSOAIS