O Instituto AgriHub lançou mais uma chamada convocando startups para participarem do programa de inovação aberta. As agtechs que possuem soluções tecnológicas para a cadeia agrícola de Mato Grosso podem garantir suas inscrições neste site www.agrihub.com.br/chamadaaberta até o dia 29 de maio.

Esta é a segunda chamada aberta promovida pelo Instituto. Em 2021, a chamada Seed Innovation foi destinada às agtechs com soluções para a cadeia de sementes. Desta vez, o objetivo é trazer soluções tecnológicas para a agricultura com base nos desafios e necessidades das empresas parceiras do AgriHub Space: Amaggi, Bayer e TMG.

“Além da temática sementes, neste programa de inovação aberta queremos trazer soluções voltadas para gestão da fertilidade do solo, aplicação de tecnologias para a sustentabilidade, rastreabilidade da cadeia de produção, automação industrial e mensuração de carbono. Cada empresa parceira do AgriHub trouxe suas demandas específicas de acordo com seus processos e estratégias e isso faz com que as agtechs tenham mais oportunidades de gerar negócios”, explica o diretor do Instituto AgriHub, Otávio Celidonio.

As startups que tiverem interesse em participar do desenvolvimento dessas soluções ou adaptar as que já existem no mercado participarão de um processo de seleção ao longo das próximas semanas. Após o período de inscrições (10/05 a 29/05), as próximas etapas ocorrerão em junho, são elas: divulgação dos classificados para o Pitch Day (03/06), apresentação Pich Day (17/06) e divulgação dos resultados (30/06).

Leia também: Feiras agropecuárias voltam a movimentar agro mato-grossense

A iniciativa tem o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) – entidade da qual o Instituto AgriHub faz parte – e da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat).

VANTAGENS – As agtechs que participarem do programa terão acesso à rede de parceiros do AgriHub Space como a Amaggi, Bayer e TMG. Além disso, segundo Celidonio, é uma oportunidade de interação com os produtores rurais que fazem parte da rede de fazendas ALFA do Instituto e de acesso às mentorias com especialistas que acompanham o cenário da inovação no agro.

As startups de outras cidades terão espaço de coworking disponível com toda estrutura para a equipe de trabalho desenvolver o projeto no AgriHub Space, que fica dentro do Sistema Famato, em Cuiabá/MT.

LIFEHUB SP – Nesta semana (9 e 13 de maio), representantes do Instituto AgriHub estão em São Paulo para participar de vários eventos e fazer visitas estratégicas. Na programação está prevista a apresentação desta chamada para startups com soluções para agricultura durante evento no LifeHub SP, primeiro centro de inovação aberta da Bayer na América Latina.

Dentre os participantes da programação estão as empresas parceiras do AgriHub Space, produtores rurais e startups, para falar sobre as oportunidades, os desafios do agro e a importância da inovação aberta.

Segundo o líder de Inovação Aberta na divisão agrícola da Bayer, Dirceu Ferreira Júnior, a parceria entre a Bayer e o AgriHub se renova com o lançamento de mais uma chamada. “O LifeHub SP é um espaço para promover parcerias e troca de ideias para fomentar a inovação e o evento torna-se ainda mais relevante por integrar a liderança executiva, clientes, startups e parceiros e ser o primeiro presencial, com público externo, a ser realizado desde sua inauguração, que se deu no período restritivo da pandemia da Covid-19. Para a Bayer, o desafio fortalece um dos principais pilares estratégicos da empresa, o de inovação”, diz.

Leia mais: MT quer atrair novo perfil de investidores ao Parque Tecnológico

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE AGRONEGÓCIO

Tagged: , , , , ,