fbpx
Bloco IV decide retirar vacinação contra aftosa a partir de 2023

Em decisão conjunta, integrantes do bloco IV do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), entre eles Mato Grosso – detentor do maior rebanho de bovinos do Brasil – anunciaram que vão imunizar o rebanho contra a febre aftosa até o dia 31 dezembro de 2022.

O Bloco IV é composto por dez estados e Distrito Federal (BA, SE, RJ, SP, MG, GO, MT, TO, MS, ES e DF). A decisão foi anunciada na última quarta-feira (22), durante a reunião virtual da Comissão de Coordenadores dos Grupos Estaduais (CCGE) e será encaminhada para apreciação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“A decisão conjunta será encaminhada para apreciação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e, se aprovada, será estabelecida em todos os estados que integram essa divisa sanitária”, pontuam os membros do CCGE.

Os estados que compõem esse bloco são considerados zonas livres de febre aftosa com vacinação e agora pleiteiam o status de zona livre sem o uso do imunizante. Eles precisam cumprir rigorosos critérios técnicos e sanitários estabelecidos pelo Mapa para alcançar o novo patamar sanitário.

O Bloco IV contabiliza mais 130 milhões de cabeça de gado, detendo mais de 60% do rebanho brasileiro de bovinos e bubalinos.

Leia também: Exportações mato-grossenses do agro registram novo recorde

Tagged: , , , ,