Os altos valores da soja e a possibilidade de troca de insumos para 2022, estão atraindo os produtores de Mato Grosso. As comercializações antecipadas da safra 2021/2022 estão mais aceleradas que as para a safra 2020/2021, que vem sendo semeada.

Com uma alta de 2,16% a soja disponível em Mato Grosso atingiu um novo patamar histórico, sendo cotada a R$ 170,39 a saca. Os dados são do boletim semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Até o momento, mais de 10% da safra que será colhida em 2022 já foi negociada, algo inédito para o estado. No começo de outubro o total negociado era de 6,21%, ou seja, de lá para cá houve um avanço de 4,19%.

O aumento dos preços internos influenciou na elevação da diferença de base entre Mato Grosso e a CME-Group. O indicador avançou 12,42% e alcançou R$ 36,39/saca na semana”, segundo os analistas do IMEA.

A margem de esmagamento subiu 3,28%, alcançando R$ 380,96/tonelada, segundo o instituto.

Leia mais: Preço da soja em Mato Grosso tem elevação de 4,32%, segundo Imea

%d blogueiros gostam disto: