Com preço da carne elevado e queda nas exportações, frigoríficos ficam ociosos em Mato Grosso

A taxa de utilização dos frigoríficos em Mato Grosso foi de apenas 45,03% em janeiro. O índice é o menor desde 2008 e o quarto mês consecutivo de queda. Os dados são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Comparando jan/21 com o mês anterior, dez/20, a queda foi de 1,69%. Na avaliação anual a queda foi de 12,24% (jan 21 x jan 20).

Em Mato Grosso atualmente, 93% das plantas frigoríficas estão em funcionamento. Segundo o Imea, a ociosidade é decorrente do baixo consumo de carne, devido aos altos preços ao consumidor e exportações abaixo do esperado. Outro fator é a escassez de bovinos para abates no Estado. Em janeiro houve redução das exportações de carne à China

Conforme noticiado pelo MT Econômico em matéria anterior, muitos consumidores tem trocado a carne pelo ovo e por outras carnes alternativas também como o frango. Veja mais aqui.

%d blogueiros gostam disto: