Contas públicas têm saldo negativo recorde em maio desde início de série histórica

Contas públicas tiveram saldo negativo recorde em maio. Setor consolidado formado pela União, estados e municípios teve déficit primário de R$ 131,4 bilhões. Este dado é o maior da série histórica iniciada em dezembro de 2001. 

Em maio de 2019, houve déficit de R$ 13,008 bilhões. Dados são do Banco Central. Governos estaduais e municipais tiveram saldo negativo de R$ 4,2 bilhões e R$ 508 milhões, respectivamente.

No mês passado, Governo Central, composto por Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional teve déficit primário de R$ 127,092 bilhões.

Empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas as dos grupos Petrobras e Eletrobras, tiveram superávit primário de R$ 422 milhões no mês passado. 

Leia mais: Conselho Monetário reduz juros de fundos constitucionais devido a redução da Selic