fbpx
Esmagamento de soja supera média histórica em Mato Grosso, mas reduz ritmo no final de 2020

O estado de Mato Grosso bateu recorde de esmagamento de soja em 2020. Foram 10,36 milhões de toneladas esmagadas da oleaginosa. A alta foi de 4,80% em comparação ao volume de 9,89 milhões de toneladas esmagadas em 2019. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Apesar da alta, em dezembro do ano passado Mato Grosso reduziu o ritmo, processando 707,48 mil toneladas de soja, volume 4,85% inferior ao processado em novembro de 2020.

Entre os motivos para a diminuição no último mês, o Imea destacou a escassez da oleaginosa e os baixos estoques remanescentes da safra 2019/20, 99,97% dela comercializada no Estado. “Outro fator determinante para essa diminuição do volume processado é a necessidade de parar os trabalhos nas indústrias para realizar as devidas manutenções.”

Atualmente, os produtores estão tentando garantir a venda da soja futura da safra 2021/22, conforme noticiado pelo MT Econômico. A comercialização já é mais que o triplo da safra 2020/21. Veja mais aqui.