Índice de Confiança da indústria recua na reta final do ano, em MT

Os industriais mato-grossenses chegaram à reta final de 2021 menos otimistas em relação ao desempenho do setor. Ao longo do ano, o sentimento oscilou, mas justamente em novembro, penúltimo mês do ano, o indicador aponta como o menor dos últimos 12 meses. Conforme o Índice de expectativas dos empresários, o Índice de Confiança do Empresário Industrial de Mato Grosso (ICEI), continua a registrar queda, de 1,2 ponto, quando comparado ao mês anterior. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o indicador marcou queda de 5,3 pontos, registrando 59,2 pontos, sendo o quarto mês seguido de queda desde julho. o índice continua acima de 50 pontos que trata-se da linha divisória da confiança para falta de confiança, demonstrando que os empresários industriais seguem confiantes.

Na análise por atividade, as indústrias extrativas e de transformação registraram estabilidade ao marcarem 59,8 pontos, e quando comparado a novembro de 2020, a queda foi de 5,6 pontos. As empresas da construção obtiveram queda de 5,2 pontos frente a outubro de 2021, marcando 57,3 pontos e 4,7 pontos quando comparado ao mesmo período do no anterior.

No País, o ICEI, para o mês de novembro, apresentou queda de 1,8 ponto em relação ao mês anterior, sendo medido em 56 pontos.

Leia também: Produção industrial de MT pode registrar 3º ano consecutivo de retração

O indicador de confiança referente às condições atuais, relacionadas aos últimos seis meses, continuou apresentando queda em novembro de 2021, ao marcar 51,9 pontos, com uma redução de 0,9 ponto. Quando comparado com o mesmo período do ano de 2020, a queda registrada foi de 7,3 pontos. Já o índice de expectativas, que mede o otimismo dos empresários para os próximos seis meses, registra queda de 1,4 ponto frente ao mês anterior, marcando 62,8 pontos no mês de novembro. Em um comparativo a novembro de 2020, a queda é de 4,3 pontos.

Apesar do recuo registrado no indicador de confiança referente às condições atuais, o fato de ambos os indicadores se manterem acima das linhas dos 50 pontos demonstram que os empresários “seguem otimistas, principalmente em relação às expectativas para os próximos seis meses, que segue em alta, acima dos 60 pontos”, aponta trecho do Observatório da Indústria da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt).

Na avaliação por porte, o mês de novembro apresenta quedas. As pequenas indústrias apresentaram queda de 2,7 pontos, marcando 59,7 pontos em novembro deste ano, e quando comparado ao mesmo período do ano anterior, houve queda de 4,6 pontos. As médias e grandes indústrias, com 59,0 pontos, apresentaram uma queda de 0,6 ponto, quando comparado ao mês de outubro deste ano. Apesar de queda nos indicadores por porte, os dois indicadores seguem próximos a 60 pontos.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE AGRONEGÓCIO E INDÚSTRIA

Tagged: , , ,