O lançamento do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) da safra 2016/17 está previsto para a próxima semana, dia 4 de maio, conforme anuncio da  ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) .

Esse plano libera recursos para financiar a agropecuária nacional. O investimento é estratégico para que o país continue aumentando sua produção e garanta a oferta de alimentos de qualidade e com preço justo. “Na semana que vem, dia 4, nós teremos um bonito plano safra para apresentar ao Brasil”, afirmou a ministra durante entrevista à imprensa ontem à tarde. 

Kátia Abreu afirmou que, apesar da crise política atual, o Ministério da Agricultura continua trabalhando. “Assim como os trabalhadores, os patrões e os empresários, nós ministros também trabalhamos durante a crise. Então essa é nossa função e obrigação. Temos que deixar um Plano Safra pronto, adequado para o momento do país, e tenho certeza que será um ótimo plano”, ressaltou. 

A ministra destacou ainda que, no governo da presidente Dilma Rousseff, o plano teve saltos significativos. Da safra 2011/12 à atual, o volume de recursos disponibilizados cresceu de R$ 107,24 bilhões para R$ 187,7 bilhões, aumento de 75%. 

“Tenho certeza absoluta de que, mais uma vez, a presidente Dilma não vai decepcionar os produtores do país. Os melhores planos safra que tivemos foram nesses últimos três anos de governo”, afirmou.