fbpx
Mesmo com queda na exportação, soja de Mato Grosso vai a R$ 153/saca

Apesar da queda na exportação, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou, na tarde dessa segunda-feira (19), que o preço disponível para a soja em Mato Grosso teve alta de 3,59%, após os vendedores ficarem mais ativos na última semana. A cota foi fechada a R$ 153,62/saca, na média semanal.

O boletim do Imea divulgou os novos dados de comercialização de soja das safras 20/21 e 21/22, referentes ao mês de junho. De acordo com os dados, na safra 20/21 houve um aumento de 1,66 pp, atingindo 89,95% da produção comercializada. No entanto, comparando à safra anterior houve um atraso de 5,83 pp, que nessa mesma época registrava 95,78% comercializados

As exportações de soja em Mato Grosso apontaram queda de 30,24% em relação ao mês anterior, somando 2,98 milhões de toneladas escoadas em junho de 2021. Ainda de acordo com o boletim, o volume acumulado das exportações do primeiro semestre deste ano chegou a 18,94 milhões, comparado a 19,14 milhões de toneladas em 2020.

O Imea explica que esse cenário foi influenciado por uma maior retração da demanda internacional pelo grão brasileiro, nesse período de instabilidade dos mercados de commodities.

Por outro lado, mesmo com um menor volume acumulado de exportações, a alta do dólar corrente nos primeiros meses do ano favoreceu uma maior arrecadação em 2021, totalizando U$ 8,17 milhões, valor 25,29% superior ao acumulado no primeiro semestre de 2020.

As elevadas temperaturas e baixa umidade registradas nos Estados Unidos, na semana passada impulsionaram uma alta de 3,49% no preço disponível do grão em Chicago.

A diferença de base entre a soja mato-grossense e a norte-americana apontou queda de 15,91% no comparativo semanal, cotado a R$ -10,63/saca.

Leia também: Apesar da incerteza da retomada da economia, Valor Bruto de Produção de Mato Grosso registra melhora

Tagged: , , , , ,