MT amplia em 46% demanda por crédito rural nessa safra

Nos quatro primeiros meses do Plano Safra 2021/2022 (julho a outubro), foram contratados em crédito R$ 124,5 bilhões por produtores rurais, cooperativas e agroindústria. O montante é 39% maior em comparação ao mesmo período da safra anterior, resultado de 843 mil operações (+2%). Os números estão no balanço do crédito rural divulgado pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Em Mato Grosso a alta supera a média nacional e registra avanço anual de 46%. Dados analisados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostram que dos mais de R$ 124 bilhões contratados em todo País, cerca de R$ 14,18 bilhões foram demandados pelos produtores rurais mato-grossenses.

Leia também: Plantio de soja entra na reta final, em Mato Grosso

O valor que é destinado às linhas de custeio no Estado registrou aumento de 35,36% ante o 1° quadrimestre do PAP 2020/21, enquanto para as linhas de investimento, o acréscimo foi de 50,57%. Em valores nominais, este último exibiu montante de R$ 5,46 bilhões.

“Dentre os programas, o mais utilizado em Mato Grosso está o Moderfrota, que registrou alta de 3,23% no mesmo período. Ainda, o Programa ABC, voltado à redução da emissão de gases de efeito estufa, exibiu adição de 33,58% no total de recursos utilizados no atual plano. O aumento na utilização dessas linhas é reflexo dos investimentos dos produtores nas lavouras do Estado”, destacam os analistas do Imea.

VEJA AQUI OUTRAS NOTÍCIAS DE AGRONEGÓCIO E INDÚSTRIA

Tagged: , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: