fbpx
Preço do algodão recua e ritmo da colheita está mais lento em Mato Grosso

O preço do algodão recuou 4,09% em junho, devido à desvalorização do dólar no mesmo mês. Além disso, o ritmo da colheita está mais lento em Mato Grosso, segundo dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

As vendas da fibra no estado estão atrasadas 4,70 p.p. em relação à temporada 20/21 e 6,98 p.p. ante a média dos últimos cinco anos, devido à incerteza quanto à produção em 2022 e a competitividade entre as culturas de segunda safra. O preço médio negociado no mês fechou em R$ 129,82/@ no estado.

A venda da pluma para a safra 20/21 em junho chegou a 78,02% da produção estimada, avanço de apenas 0,59 p.p. ante o mês de maio.

Apesar do recuo de 4,09% em junho, a negociação da safra futura (21/22), alcançou 31,02% da produção, avanço de 3,08 p.p. no comparativo mensal.

LEIA MAIS: MATO GROSSO EXPORTOU 68,29% DO ALGODÃO DO PAÍS NO ACUMULADO DESTE ANO

Tagged: , , , , , ,