fbpx
Presidente da Famato vai representar Mato Grosso na diretoria da CNA

O presidente do Sistema Famato, Normando Corral, será presidente do Conselho Fiscal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A eleição da diretoria aconteceu nesta semana, em Brasília. O presidente João Martins foi reeleito por unanimidade para mais um mandato à frente da entidade (quadriênio 2021-2025). A votação foi presencial e teve a participação dos presidentes das 26 federações estaduais e a do Distrito Federal.

“A CNA tem a importante missão de representar, organizar e fortalecer os produtores rurais brasileiros. A Famato, junto com as demais federações do país, é peça fundamental para que toda essa engrenagem de representatividade do setor funcione. Para mim, é uma honra poder fazer parte da composição da atual diretoria e continuar contribuindo”, disse Normando Corral.

Em sua primeira manifestação após a eleição, João Martins falou da responsabilidade que terá daqui para frente e da necessidade de “estarmos cada vez mais unidos para enfrentar os desafios futuros”. E completou: “Minha obrigação é, acima de tudo, defender o produtor rural brasileiro. Uma obrigação de cada vez mais fazer com que essa Casa defenda a agropecuária brasileira”, afirmou.

Corral tem 63 anos, é engenheiro agrônomo, formado em Lavras (MG). Nasceu em Rinópolis (SP). Estabeleceu-se em Tangará da Serra (MT) em 1982. Atua como produtor rural em agricultura e pecuária. Em 2005, elegeu-se presidente do Sindicato Rural do município. Foi presidente da Associação dos Fornecedores de Cana do Vale do Rio Paraguai (Assovale). Está presidente do Sistema Famato.

A Famato representa mais de 33 mil produtores em Mato Grosso e seu trabalho está ancorado na produção de informação estratégica para orientação ao produtor, na articulação política institucional e na disseminação de know-how para os produtores rurais. Para isso, ela coordena os trabalhos das entidades que compõem o Sistema Famato – Senar Mato Grosso, Imea e o AgriHub.

LIDERANÇA – No comando da CNA desde 2015, João Martins tem uma trajetória profissional marcada pela defesa dos produtores rurais. Também presidiu a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb) e é acionista e presidente da Agropecuária João Martins S/A.

O processo foi conduzido por uma Comissão Eleitoral comandada pelo presidente da Anater, Ademar Silva Júnior, e composta também pelo presidente do Conselho de Administração da Embrapa, Fernando Camargo, e pelo presidente do Instituto Pensar Agropecuária (IPA), Nilson Leitão.

CONSELHO – O Conselho de Representantes, formado pelos presidentes das Federações de Agricultura e Pecuária, também elegeu, na chapa liderada por João Martins, seis vice-presidentes que formam a Diretoria Executiva e os seis membros do Conselho Fiscal, três titulares e três suplentes.

Leia também: Arábia Saudita suspende importações de carne brasileira, mas mantém MT como fornecedor

Tagged: , , , ,