Segmento de vestuário e calçados foi o mais afetado durante a pandemia, segundo estudo do Banco Central

O MT Econômico traz hoje um estudo especial do Banco Central publicado ontem (26) realizado em conjunto com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o fechamento temporário de empresas na pandemia em todo o país.

As empresas de pequeno porte foram as mais afetadas entre os meses de abril a julho do ano passado. Após esse período, houve uma retomada gradual das atividades.

Segundo análise da pesquisa pelo MT Econômico, a queda de faturamento foi geral em todos os setores, com maior peso ao varejo, em especial no segmento de vestuário e calçados. O mês de maio de 2020 foi o pico da queda, atingindo 69% das empresas do segmento, conforme aponta o quadro do estudo anexo.

Clique no botão vermelho abaixo e veja o estudo