Análise Milho MT

Análise do Milho de Mato Grosso - 2ª Quinzena Fevereiro/2020

A Conab contabiliza área semeada 9,0% maior, neste ciclo, em relação ao anterior, com salto de 4.869,1 mil para 5.307,3 mil hectares
Sexta-feira 13 de Março de 2020
MT Econômico/Conab
Análise do Milho de Mato Grosso - 2ª Quinzena Fevereiro/2020

A Conab, em seu 6º Levantamento da Safra 2019/2020, projeta a maior produção da série histórica para Mato Grosso. O estado deverá colher 33.658,9 mil toneladas, produção 8,4% maior do que a obtida no ciclo anterior, de 31.045,4 mil toneladas. 

Safra de tamanha magnitude é resultado da combinação de grande avanço na área semeada com projeção de rendimento médio bastante favorável em âmbito estadual. A Conab contabiliza área semeada 9,0% maior, neste ciclo, em relação ao anterior, com salto de 4.869,1 mil para 5.307,3 mil hectares. 

A expansão decorre de fatores como as condições favoráveis de mercado, a exemplo dos preços elevados, inclusive no mercado futuro, do câmbio depreciado, da demanda firme, tanto do ponto de vista externo quanto interno, da ampliação e crescente facilidade da comercialização da commodity, bem como da possibilidade de plantio majoritariamente dentro da janela ideal. 

Este fator também explica, em conjunto com o emprego de melhores pacotes tecnológicos, a projeção positiva para a produtividade média estadual, de 6.342 kg/ha. A Conab estima plantio de 97,5% da área até o dia 06 de março.

O patamar de preços é bastante elevado em Mato Grosso e, no mercado disponível, as cotações acumulam alta superior a 70% em algumas praças na comparação anual, como em Sorriso, cujo valor é de R$ 37,50 /60kg, enquanto que, no mercado futuro, os preços operam entre R$ 25,00 e R$ 30,00 /60kg nas principais praças estaduais. 

Calcula-se que 99,4% da safra disponível esteja comprometida, ao passo que 65,0% da produção a ser colhida em meados de 2020 já tenha sido objeto de contratos. Trata-se de grau elevado de comercialização, sendo que, há um ano, o indicador era de 53,5%. São variáveis que impulsionam os negócios os preços favoráveis, o câmbio depreciado, e a demanda firme, tanto externa quanto interna. Novos players no mercado de etanol, que utilizam o milho como insumo, têm dinamizado cada vez mais o mercado interno da commodity e já há estimativa de cerca de 10% da safra 2020/2021 comercializada. 

Em quadro de restrição de oferta no mercado disponível, a Conab injetou mais 50 mil toneladas em Mato Grosso, por meio de leilão, realizado em 27 de fevereiro, com 100% da quantidade arrematada.

Comentário do Analista da Conab

Produção recorde é projetada para Mato Grosso, em contexto de preços elevados, demanda firme, maiores investimentos e janela favorável. 

Baixe o estudo com gráficos no botão vermelho abaixo.






COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS