Força do Agro

Mato Grosso tem quase 1 milhão de toneladas de soja esmagadas e setor deve sair da crise do coronavírus com oportunidades

O resultado de março representa 5,68% de aumento em relação à fevereiro
Segunda-feira 20 de Abril de 2020
MT Econômico
Mato Grosso tem quase 1 milhão de toneladas de soja esmagadas e setor deve sair da crise do coronavírus com oportunidades

As esmagadoras de soja de Mato Grosso processaram quase um milhão de toneladas de soja, mais precisamente 940,26 mil toneladas em março, atingindo um número recorde. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) e foram divulgados na semana passada.

O resultado de março representa 5,68% de aumento em relação à fevereiro.

Entre os fatores que foram reflexo nesta situação “observa-se, principalmente, que a margem bruta dessas indústrias está elevada devido aos bons patamares de preço do óleo e farelo de soja, que na média do primeiro trimestre de 2020 registraram alta de 35,35% e 22,11% em relação ao mesmo período de 2019, respectivamente”, diz trecho da análise do IMEA.

Outro fator vantajoso para a agroindústria brasileira foi a redução das exportações argentinas, devido ao fechamento das fronteiras. "Com isso, as expectativas de esmagamento são de melhora, diante do cenário positivo das fábricas no estado e dos preços dos subprodutos da soja em alta”, conclui o instituto.

A agropecuária deve ser o único setor que sairá da crise do coronavírus com mais oportunidade do que entrou na pandemia, na opinião de representantes do setor.

“O mundo vai continuar demandando alimentos“, disse o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira à imprensa na semana passada, acrescentando que o mundo está preocupado com a segurança alimentar e que o agro será imprescindível neste processo.

Leia mais: Setor agropecuário de Mato Grosso tem crescimento no faturamento, mesmo diante do coronavírus


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS