fbpx
Concluída última etapa para liberação de voos

O vice-prefeito Ederson Dal Molin, protocolou junto a Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC, em Brasília, a solicitação de qualificação das condições da infraestrutura aeroportuária. O vice-prefeito estava acompanhado do presidente da Comissão Pró-aeroporto, Paulo Lucion, do produtor rural Argino Bedin, e o presidente do Sindicato Rural, Laércio Lenz. Foi concluída a última etapa para a liberação de voos comerciais no Aeroporto Regional de Sorriso Adolino Bedin. 

 

Anexo ao documento, direcionado a Fabio Faizi Rahnemay Rabbani, da Superitendência de Infraestrutura Aeroportuária da ANAC, estavam o plano de Emergência simplificado (PLEM); Plano de Remoção de Aeronaves Inoperantes simplificado (PRAI); Programa de Segurança Aeroportuária (PSA); Manual de Gerenciamento de Segurança Operacional (MGSO); Plano contra incêndio do Aeroporto, e ainda os relatórios detalhados dos recursos disponíveis para atender aos requisitos de Segurança da Aviação Civil e a infraestrutura do aeroporto.

 

“Esta é a ultima etapa para a liberação dos voos comerciais. O município e a sociedade sorrisense cumpriram com suas obrigações, e a parceria firmada com a Comissão Pró-aeroporto, Sindicato Rural e Governo do Estado foram fundamentais para essa conquista”, explica Ederson.

 

Com a entrega da documentação completa, com todos os planos e evidências da infra-estrutura aeroportuária, bem como do pessoal especializado em operações de aeroportos, o Aeroporto Regional Adolino Bedin está em conformidade com todas as exigências da ANAC. O próximo passo deverá ser a solicitação, por parte das companhias aéreas, do HOTRAN.

 

O HOTRAN é um documento aprovado e emitido pelo Departamento de Aviação Civil (DAC), que formaliza as concessões para a exploração de linhas aéreas regulares internacionais e domésticas de passageiros com os respectivos horários, números de vôos, freqüências, tipos de aeronaves e oferta de assentos.

 

Além de protocolar a qualificação da infraestrutura aeroportuária, a Administração Municipal já havia solicitado à ANAC a alteração do cadastro atual da categoria 2C para 3C noturno e diurno. Com a elevação de categoria, o aeroporto de Sorriso estará apto para realizar operações com aeronaves maiores, para o transporte de até 130 passageiros.

 

“Uma equipe da ANAC esteve em Sorriso na semana passada e fizeram a vistoria para a elevação para da categoria. Os técnicos constaram que o aeroporto atende as exigências legais, então esperamos apenas os procedimentos da ANAC para que seja feita a alteração do cadastro atual de 2C para 3C noturno e diurno, por meio de publicação no Diário oficial da União. Acreditamos que isso deve ocorrer em até três semanas”, afirma Ederson.

 

No dia 16 de dezembro, o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo – Cindacta, fez uma vistoria no Aeroporto Regional e deu parecer favorável a homologação da Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo – EPTA de Sorriso, junto à Força Aérea Brasileira.