fbpx

O etanol teve um novo aumento na tarde dessa quarta-feira (10). O litro do combustível está custando R$ 4,17 nos postos da capital. Em fevereiro o biocombustível estava R$ 3,29 por litro, aumento de R$ 27,74% em apenas um mês.

O MT Econômico entrou em contato com o diretor executivo do Sindicato das Industrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso (Sindalcool-MT), Jorge do Santos, que justificou que o setor teve um aumento expressivo no custo de produção.

“Todos os nossos custos estão nas alturas, fertilizantes e defensivos em dólar; diesel que usamos para plantar, colher e transportar, com alta de 41%, só este ano; e o milho, que teve seu preço multiplicado por 4, face ao mesmo período do ano passado”, disse o representante do Sindalcool-MT.

A gasolina aproveitou a carona e teve um novo aumento, de R$ 5,19 também no início de março, subindo para R$ 5,67, elevação de 9,2%, apenas no último reajuste de hoje. Lembrando que custava menos de R$ 5,00 no mês passado. O aumento acumulado em 2020 já ultrapassa 40%, com a atualização do novo preço

A recente alta da gasolina, em decorrência do ajuste de preço da Petrobras já tinha assustado os mato-grossenses. Alguns dias atrás o etanol começou a disparar nos postos de Cuiabá, passando de R$ 3,29 em fevereiro, para R$ 3,59 no início de março e agora a R$ 4,17 por litro.

O MT Econômico tinha publicado anteriormente o início do aumento do etanol na capital, veja mais aqui