Sem recursos, empresários do setor de eventos de MT pedem linhas de crédito ao Legislativo

Empresários do setor de eventos se reuniram com o Legislativo nesta terça-feira (13) para solicitar a viabilização de linhas de crédito. Ao presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (DEM), eles relataram dificuldades durante o período de isolamento social ocasionado pela pandemia do novo coronavírus

Ao menos 30 mil pessoas estão envolvidas no setor de eventos no estado. Estima-se que todos estejam parados há pelo menos 60 dias e sem previsão de retorno das atividades.

“O desafio agora é conciliar medida para conter a contaminação do Covid-19 e, ao mesmo, tempo apoiar a retomada das atividades econômicas com segurança. Estamos estudando caso a caso e vamos encontrar uma saída para esse importante segmento que gera milhares de empregos em nosso Estado”, afirmou o parlamentar. 

Presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Eventos, Nilmo Garcia, pontuou que empresas estão com dificuldades de pagar os funcionários e manter as despesas, já que não têm receita. Linha de crédito seria para suprir o caixa e pagar as contas. 

Leia mais: Fiemt aponta redução de 6% no impacto sofrido pelas indústrias em Mato Grosso