Setor imobiliário cresce 66,7% em Cuiabá e movimenta R$ 1,08 bilhão no segundo trimestre

O setor imobiliário movimentou cerca de R$ 1,08 bilhão em Cuiabá, somente no segundo trimestre do ano, segundo a pesquisa Indicadores do Mercado Imobiliário, elaborada pelo Sindicato da Habitação de Mato Grosso (Secovi-MT). O número registra um recorde em valores transacionados, com crescimento de 66,7%.

De acordo com a pesquisa, o valor financiado cresceu 36,7%, no comparativo com o segundo trimestre de 2020, totalizando R$ 240,5 milhões. Outro número que disparou foi a procura por imóveis comercializados, que subiu para 2.910 unidades, contra 2.782 no trimestre anterior e 1.991 no segundo trimestre de 2020.

Os dados demonstram também que 2.563 dos imóveis comercializados são usados, enquanto 347 são novos. As regiões mais procuradas são a leste e a oeste da capital mato-grossense, consideradas áreas residenciais.

Em comparação ao primeiro trimestre de 2021, o setor movimentou aproximadamente R$ 963 milhões em valores transacionados em Cuiabá. Ou seja, houve aumento de 47% do mesmo período em 2020.

Ainda nesses três primeiros meses, o mercado imobiliário já havia batido uma marca histórica, registrando o maior valor movimentado desde o início da pesquisa, iniciada em 2015. Na época, foram comercializados R$ 656 milhões em imóveis.

O vice-presidente administrativo do Secovi-MT, Guido Grando Júnior, explica que os números reforçam de forma expressiva a tendência de alta já observada no trimestre anterior.

“Isso continua refletindo a oportunidade que o mercado imobiliário representa para investimentos diante do cenário de aumento de preços e, embora tenha ocorrido algumas elevações da taxa Selic, a taxa de juros ainda é baixa se comparado a anos anteriores, tirando atratividade de investimentos financeiros de renda fixa”, comenta.

Leia também: Mesmo com desafios da pandemia e alta de insumos, construção civil projeta crescimento em 2021

Tagged: , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: