fbpx
Trinta milhões de cabeças de gado foram vacinadas contra febre aftosa em Mato Grosso

No dia 20 de junho, vacinação contra febre aftosa foi finalizada em Mato Grosso. De acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea), 99,15% do rebanho de bovinos e bubalinos foram imunizados. 

Foram 30 milhões de cabeças em 96,7% dos estabelecimentos rurais. Agora, cabem aos técnicos do instituto buscarem os estabelecimentos inadimplentes, correspondente a 3,34% e 107 mil propriedades rurais.

“O baixo percentual é resultado de um intenso trabalho de divulgação, educação sanitária, fiscalização, pactuação entre as partes envolvidas e irrestrito apoio dos produtores rurais, que se mostraram comprometidos e mais uma vez alcançaram excelentes resultados para a pecuária mato-grossense”, afirmou o diretor técnico do Indea, Renan Tomazele.

Neste ano, a vacinação foi estendida para 55 dias com o intuito de evitar aglomerações em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Todos os bovinos e bubalinos foram envolvidos nesta etapa de vacinação, com exceção da microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense e zona do bloco I na região Oeste do estado.

Leia mais: Em maio, cinco frigoríficos tiveram atividades paralisadas em Mato Grosso