QUEDA DOS JUROS

Concessionárias de veículos de Mato Grosso apostam na queda de juros para atrair consumidores

Um dos fatores que podem ter influenciado no resultado negativo de setembro é a confiança do consumidor
Quinta-feira 10 de Outubro de 2019
Fenabrave/MT Econômico
Concessionárias de veículos de Mato Grosso apostam na queda de juros para atrair consumidores

De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave)  apesar da queda de 7,38% no mês passado com relação a agosto, as vendas de veículos registraram aumento de 15,85% em Mato Grosso no acumulado do ano.

Ao todo, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, foram comercializados nos últimos 12 meses 79.839 veículos contra 68.914 no período anterior.

No mês de setembro vendeu 8.495 unidades e em agosto foram 9.172. Essa queda de 7,38% não era esperada pelos gestores de concessionárias. Para setembro em comparação com agosto, a única alta registrada foi no segmento de motos, que apresentou crescimento de 1,68%. Em todos os demais segmentos ocorreu redução nesse período. No segmento de automóveis e comerciais leves teve redução de 11,86%. No de caminhões, a queda nos emplacamentos alcançou 7,87% e no de implementos a baixa ficou em 11,41%.

Um dos fatores que podem ter influenciado no resultado negativo de setembro é a confiança do consumidor. “Não teve queda de juros. Apenas alguns setores sentiram esta esperada redução. A alta do dólar reflete a opção por investir na moeda americana. Uma alta constante afeta a maioria das economias no mundo. Isso, logicamente, atinge o consumidor brasileiro que fica mais receoso. Parece-nos que o cenário político, de embates e decisões no Congresso, influencia muito também”, avalia o diretor da Fenabrave – Regional Mato Grosso, Paulo Boscolo.

Ele completa: “Mas o setor tem esperança de recuperação de perspectivas positivas e uma consequente melhoria nos resultados do mercado. Também é preciso considerar que no acumulado, os números confirmam as previsões do setor”, afirmou Boscolo.

Na coluna especial do MT Econômico sobre setor automotivo, a expectativa para o mês de setembro foi positiva e para os próximos meses também, conforme explicado pelo colunista Ricardo J. J. Laub Jr. nesta publicação aqui.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS