BRIGA NO MDB

Emanuel Pinheiro é procurado por outros partidos

Após briga interna no MDB, o prefeito Emanuel Pinheiro é cortejado por partidos que querem que ele dispute a reeleição ao Alencastro
Quarta-feira 20 de Março de 2019
Redação
Emanuel Pinheiro é procurado por outros partidos

Com o racha entre o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e o deputado federal Valtenir Pereira (MDB) que quer concorrer a prefeito na próxima eleição, outros partidos como Progressista e Podemos já mostraram interesse em tentar trazer Emanuel para suas legendas. 

Emanuel já recebeu o convite do PP para ingressar no partido e concorrer a reeleição. Na atual gestão o PP tem 3 secretários na prefeitura.

O parlamentar progressista Paulo Araújo afirma que, independente da filiação partidária de Pinheiro, o PP apoia a sua reeleição para prefeito da Capital. 

Outro partido interessado na filiação de Emanuel Pinheiro é o Podemos. De acordo o deputado federal José Medeiros, presidente da sigla no Estado, até o final desta semana a Executiva deve se reunir para tratar do assunto. 

Nos bastidores, a conversa é que membros da legenda já estariam articulando a ida do prefeito para a sigla junto a pessoas ligadas ao próprio chefe do Executivo Municipal. 

Apesar de estar sendo cortejado, Pinheiro já afirmou que pode não vir a disputar a reeleição no ano que vem. “Eu não estou preocupado com eleição, e digo do fundo do coração que é muito mais fácil eu não ser candidato, até por questões familiares mesmo”, disse o emedebista na semana passada. 

Sobre a “rixa” com o deputado Valtenir, Pinheiro afirma que o partido está liberado para articular outros caminhos para o pleito do ano que vem. 

O parlamentar está trabalhando o seu nome dentro da legenda para ser o candidato a prefeito de Cuiabá em 2020. Para ele, a legenda não pode confiar em Pinheiro e deve buscar novos rumos. 

“Não existe a possibilidade de eu discutir eleição esse ano e nem penso nisso. A cúpula do meu partido está liberada. Eles que vieram pedir uma audiência pra mim, o que muito me orgulha, assim como o PR veio, como o PP veio e me convidou para ir para o partido e ser candidato por lá. Eu estou lisonjeado. E pode perguntar para o Bezerra, para a Janaína, para o Thiago, para o Dr. João, foram eles que me pediram agenda e me pediram para liderar esse processo. Mas não está no meu foco”, finalizou Pinheiro.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS