CONTAS COM RESSALVAS

Mauro Mendes tem contas de campanha aprovadas, mas com ressalvas

A auditoria apontou que a doação foi feita pelos irmãos Antônio Sanches e João Sanchez Junqueira, donos da Sanches Tripoloni, empresa de pavimentação de rodovias.
Segunda-feira 17 de Dezembro de 2018
Redação
Mauro Mendes tem contas de campanha aprovadas, mas com ressalvas

Na sessão da última quarta-feira (12) o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprovou, as contas de campanha do governador eleito Mauro Mendes (DEM) e do vice, Otaviano Pivetta (PDT), porém com ressalvas.  Os desembargadores, optaram por não acolher o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) em sua totalidade. 

As contas de Mauro Mendes foram relatadas pela juíza federal Vanessa Curti Pereira Gasques.

Entre as irregularidades estão doações que foram feitas por meio de cheques no valor de R$ 100 mil em dois depósitos bancários inicialmente não identificados. 

A auditoria apontou que a doação foi feita pelos irmãos Antônio Sanches e João Sanchez Junqueira, donos da Sanches Tripoloni, empresa de pavimentação de rodovias. 

Outra ressalva é o uso de uma aeronave pelo governador eleito que tinham 6 pessoas como acompanhantes de Mauro, porém não há registro de vínculo contratual com essas pessoas. A defesa alega que eram amigos e a esposa Virgínia Mendes e não cabos eleitorais e ainda eram da agência que fez a campanha de Mauro.

A terceira ressalva é de gastos não comprovados na ordem de R$ 745,59. A defesa alega que a Legislação Eleitoral permite saque do fundo de reserva sem comprovação.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS