fbpx
Agronegócio lidera utilização de recursos do FCO em Mato Grosso, contribuindo na geração e manutenção de 124 mil empregos

O setor do agronegócio de Mato Grosso lidera a utilização de recursos do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO). Com isso, estimulou a geração e manutenção de 124 mil empregos diretos e indiretos. No primeiro semestre, Mato Grosso realizou quase R$ 1,8 bilhões em contratações, segundo dados da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

Esses números equivalem a 66% de aumento em comparação ao mesmo período do ano passado, fomentando ainda mais a economia de Mato Grosso.

A Sudeco demonstra que até o mês de junho, já foram financiados mais de R$ 1,3 bilhão pelo Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO Rural) em 1.636 contratações de empréstimos, o que representa 72% dos recursos empregados pelo Fundo no estado.

Deste montante, cerca de R$ 116 milhões foram contratados por tomadores mato-grossenses da Planície Pantaneira. Lembrando que em 2021, parte dos recursos do Fundo foi destinada à região como forma de apoio às atividades afetadas pela estiagem e pelas queimadas no Pantanal.

Já o setor empresarial aparece com R$ 491 milhões em financiamentos, sendo responsável pela utilização de 28% dos recursos do fundo no estado.

Leia também: Armazenagem de soja é principal problema de produtores em nova safra; Aprosoja aponta solução

Tagged: , , , , , ,