Governo credencia instituições financeiras para operacionalizar Fundo de Aval

O governo de Mato Grosso credenciou, as instituições financeiras Sicredi, Sicoob, AL5, Unicred e a Agência Desenvolve MT para operacionalizar R$ 100 milhões em linhas de crédito destinadas a pequenos empresários, microempreendedores individuais e produtores rurais, por meio do Fundo de Aval MT Garante. A parceria foi formalizada pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), César Miranda, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

Com o investimento e parceria das cinco instituições financeiras, o governador Mauro Mendes espera alavancar em torno de R$ 1 bilhão em linhas de crédito. A medida busca viabilizar e reduzir uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos pequenos empresários, microempreendedores individuais e produtores rurais na obtenção de suporte financeiro para manter seu negócio, como exigências de garantias, taxas de juros elevadas e prazos curtos para pagamento, entre outros empecilhos burocráticos.

“Este apoio vai, automaticamente, aumentar a geração de empregos. Além disso, todo mundo precisa de uma mão, de um empurrãozinho. As micro e pequenas empresas respondem por mais de 60% de empregos formais gerados no país e, aqui em Mato Grosso, não é diferente. Hoje, o MT Garante é o Fundo de Aval mais eficiente e mais moderno existente no país”, ressaltou o governador.

Leia também: Codem aprova proposta de grupo de trabalho coordenado por cooperativas e entidades do agro

O secretário de Estado da Sedec, César Miranda, explica que as instituições credenciadas vão avalizar os empréstimos a empreendedores que não tinham acesso às linhas de créditos. Ele diz ainda que o MT Garante abre uma janela de oportunidades, tanto para os bancos quanto aos empreendedores e pequenos produtores rurais, além de movimentar a economia. 

“A análise destas operações é um procedimento normal exigido pelo o Banco Central. Porém, para o pequeno empreendedor ou produtor rural sem garantia real, a instituição financeira credenciada irá se socorrer ao Fundo de Aval MT Garante, avalizado pelo Estado, na liberação do crédito. É o governo do Estado apostando no pequeno negócio, para que ele também tenha oportunidade de crescer e gerar novos empregos”, afirmou Cesar Miranda.

O Fundo de Aval é vinculado à Sedec e garante crédito às operações de financiamento contratadas por meio da Agência Desenvolve MT, cooperativas e demais instituições financeiras públicas e privadas. “Já temos instituições querendo reforçar sua carteira de empréstimos. Em breve, este valor será triplicado, já que o governo do Estado criou um comitê para definir as linhas ou áreas de atuação. Cada instituição oferece uma especificidade para cada empreendedor e produtor rural”, explicou Jair Marques.

Segundo o presidente do banco AL5, Tarcísio Hubner, como existe dificuldade de crédito para pequenos empresários, microempreendedores individuais e produtores rurais, a decisão do governo estadual é corajosa e reconhece a seriedade do setor. “O governo do Estado demonstra, ao avalizar estas operações, sua confiança nos pequenos negócios. É um incentivo e nós, do setor financeiro, estamos felizes em firmar importantes parcerias que democratizam oportunidades de negócios para Mato Grosso”, disse Hubner.

Nesta primeira fase, o Fundo de Aval, no valor de R$ 100 milhões, irá atender 11 cadeias produtivas, entre elas avicultura, confecção e calçados, piscicultura e produtos orgânicos.

Leia mais: Financiamentos aprovados, via FCO, vão injetar mais de meio bilhão na economia de MT

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA E DESENVOLVIMENTO

Tagged: , , , , , ,