crise do coronavírus

Ministério da Economia prevê elevação do déficit primário para mais de R$ 708,7 bilhões

Em relatório anterior, a Pasta previa que o rombo nas contas públicas ficaria em 540 bilhões
Sexta-feira 22 de Maio de 2020
MT Econômico
Ministério da Economia prevê elevação do déficit primário para mais de R$ 708,7 bilhões

Dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta sexta-feira (22) apontaram que agravamento da pandemia do novo coronavírus deve elevar déficit primário para R$ 708,7 bilhões em 2020. Valor consta no Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas

Em relatório anterior, a Pasta previa que o rombo nas contas públicas ficaria em 540 bilhões. Déficit primário representa resultado negativo nas contas do governo, desconsiderando juros da dívida pública

Quando dados primários foram divulgados, em março, ministério reconheceu que número era preliminar e não considerava perda da arrecadação originada pela contração da economia

O Déficit previsto de R$ 708,7 bilhões corresponde a 9,9% do Produto Interno Bruto (PIB). 

Leia mais: Mato Grosso deixou de arrecadar R$ 40,26 milhões nas duas primeiras semanas de maio


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS