dados do ipea

População mais pobre foi mais afetada pela inflação na cesta de compras

Esta parcela da população tem 25% de sua renda comprometida com a alimentação
Quinta-feira 18 de Junho de 2020
MT Econômico
População mais pobre foi mais afetada pela inflação na cesta de compras

Inflação causou grandes impactos à cesta de compras da população mais pobre do país, que tem renda mensal de até R$ 1,5 mil. Constatação é feita com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), conforme pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica (Ipea). 

Esta parcela da população tem 25% de sua renda comprometida com a alimentação e foi afetada pela alta de preços dos alimentos registrada no início do ano. De janeiro a maio, por exemplo, aumento do preço foi de 0,45% para as famílias com renda muito baixa

Famílias com renda de R$ 1,5 mil a R$ 2,3 mil também tiveram deflação de 0,08% neste período. Já população com renda alta, superior a R$ 15,3 mil tiveram deflação de 0,45% na cesta de compras

Média do IPCA no mês de março teve deflação de 0,38% entre todas as famílias. Apenas em fevereiro as famílias com renda mais alta tiveram inflação superior à renda mais baixa. Nos outros meses, população mais rica foi beneficiada com a queda de preços de itens como passagens e combustíveis.

Leia mais:  Mesmo em crise, confiança de empresários e consumidores cresce em junho


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS