Consignado

Aumento na margem do consignado pode beneficiar aposentados e pensionistas

A redução da taxa Selic também impacta no crédito oferecido, possibilitando juros mais atrativos ao cliente
Segunda-feira 14 de Setembro de 2020
Redação
Aumento na margem do consignado pode beneficiar aposentados e pensionistas

Com o objetivo de dar alívio financeiro aos aposentados e pensionistas durante a pandemia, o governo federal pode implantar em breve o aumento da margem dos benefícios que deve ser utilizada para novos empréstimos descontados direto na folha de pagamento. O aumento previsto é de 30% para 35% de abatimento do salário, mantendo os 5% permitidos para desconto de cartão de crédito, o que beneficia cerca de 345 mil aposentados em Mato Grosso.

Os bancos já liberaram as tabelas para formular as propostas de empréstimo consignado, e já houve aumento da procura por crédito nas instituições financeiras. Conforme a consultora Viviane Bezerra, da VGB Financeira, só na última semana, a empresa simulou mais de R$ 330 mil em propostas de empréstimo. Alguns bancos já implantaram a medida.

Muitos aposentados passam por imprevistos, gastos extras e emergências, e optar por um novo empréstimo acaba sendo a opção, mas não conseguem porque a margem consignável já está comprometida.

"Essa mudança vai beneficiar principalmente estes aposentados que já têm parcelas de empréstimo na folha. Agora, com o aumento de 5% na margem ele consegue pegar mais dinheiro e renegociar o valor da parcela", explica Viviane Bezerra.

A redução da taxa Selic também impacta no crédito oferecido, possibilitando juros mais atrativos ao cliente. Neste ano, é possível encontrar taxas de juros de até 1,78% ao mês,  que antes era de ao menos 2,08% a.m.. O prazo para pagamento pode chegar a 84 parcelas.

Com a nova taxa de juros praticada no mercado, o refinanciamento também ficou mais atrativo, caso o aposentado precise de algum "troco" e não queira aumentar o valor da parcela, somente o prazo. A consultora explica que existe ainda a portabilidade de crédito, para o perfil de cliente que não precisa de dinheiro novo, e está apenas interessado em diminuir o valor da parcela paga.

A taxa de juros para portabilidade também foi reduzida, e pode chegar a até 1,09% a.m., taxa considerada a mais baixa dos últimos anos. "O atendimento personalizado é  importante para atender a necessidade do cliente", avalia a consultora que trabalha há mais de 12 anos na área.

"Uma dúvida frequente dos aposentados é com relação a cobrança de um seguro do empréstimo, chamado seguro prestamista. É necessário muita atenção, porque este seguro não é obrigatório, e pode configurar venda casada", esclarece Viviane.

Mato Grosso

Conforme relatório do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) Mato Grosso possui 345.673 aposentados, o que soma o pagamento de R$ 415 milhões ao mês em benefícios. Das aposentadorias do estado 49,6% são rurais, que é o benefício pago aos agricultores ou trabalhadores do campo. Os dados são de julho de 2020.

O aumento da margem dos consignados foi aprovado pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS), no final de agosto que recomendou a medida a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Para entrar em vigor a medida aguarda a sanção presidencial.

Leia mais: Consumidores têm aproveitado Semana Brasil para limpar o nome


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS