Milho

Com aumento do consumo interno, exportação de milho tem queda de mais de 30%

O hábito alimentar do brasileiro mudou durante a pandemia, consumindo mais produtos em casa, devido às medidas de isolamento social
Sexta-feira 13 de Novembro de 2020
Redação MT Econômico
Com aumento do consumo interno, exportação de milho tem queda de mais de 30%

Segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) a exportação do milho nos meses acumulados de janeiro a outubro desse ano registraram queda no país. Em 2019 foram destinados a outros países 34,45 milhões de toneladas, sendo que em 2020 esse número foi reduzido para 25,14 milhões de toneladas, redução de 37,03%.

Em Mato Grosso houve queda de 44,32% em outubro, comparando o mês de setembro deste ano. O Estado exportou 2,57 milhões de toneladas no mês citado. Um dos fatores da queda foi o aumento do consumo interno, que registrou elevação de 25,76%. Esse aumento foi decorrente do hábito alimentar do brasileiro ter mudado durante a pandemia, consumindo mais produtos em casa, devido às medidas de isolamento social.

Entre os principais destinos do milho mato-grossense à outros países estão: Espanha, Irã e Vietnã.

Leia mais: Para controlar alta de preço das commodities, impostos de importação de soja e milho são zerados


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS