Preço da carne

Preço da carne começa a reduzir em Mato Grosso

Pelo menos sete cortes tiveram os preços reduzidos, segundo o último levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).
Quarta-feira 03 de Março de 2021
Redação MT Econômico
Preço da carne começa a reduzir em Mato Grosso

Após a alta desenfreada da carne em Mato Grosso, alguns cortes tiveram redução de preço ao consumidor. Pelo menos sete cortes tiveram os preços reduzidos, segundo o último levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). 

Em matéria anterior, o MT Econômico já havia citado que muitos mato-grossenses estão trocando a carne pelo ovo ou outras carnes como o frango. Veja mais aqui.

O cupim, por exemplo, que estava custando R$ 32,87 em janeiro teve decréscimo -2,52% em fevereiro e passou a ser vendido a R$ 32,04. Por outro lado, neste mesmo período do ano passado, o quilo custava R$ 25,91 é uma diferença de mais de 23% se comparado os dois períodos.  

O preço do músculo também teve queda de -1,85%, passou de R$ 28,51 em janeiro para 27,98, em fevereiro. Ano passado, no mesmo período, o quilo era comercializado em média a R$ 22,30. A diferença de 25,52%. O contrafilé também teve redução de -1,04% e está custando R$ 42,09. 

A picanha e Alcatra, ambas caíram -1,01% e o quilo está R$ 58,70 e R$ 42,39, respectivamente. O coxão duro teve pequena redução de 0,99% e está R$ 33,46. A redução do lagarto foi menor ainda -0,02% e o quilo ficou a R$ 32,89 

O instituto divulgou ainda que, entre janeiro e fevereiro deste ano, os cortes bovinos ficaram, em média,  -0,07% mais baratos em Mato Grosso. 

Conforme noticiado pelo MT Econômico, a redução do preço também é decorrente da queda das exportações e redução das atividades dos frigoríficos. A taxa de utilização dos frigoríficos em Mato Grosso foi de apenas 45,03% em janeiro. Veja mais aqui


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS