Turismo local

Sindieventos-MT apoia Cuiabá como cidade-sede da Copa América 2021

“Apesar de não ter a participação do público, com certeza teremos uma movimentação nos hotéis e em parte do segmento de eventos", segundo representante do Sindieventos-MT
Sexta-feira 04 de Junho de 2021
Redação
Sindieventos-MT apoia Cuiabá como cidade-sede da Copa América 2021

Após ser confirmada a escolha do Brasil como local da realização da Copa América 2021 e a capital Cuiabá como uma das cidades-sede, a presidente do Sindieventos-MT, Alcimar Moretti, destaca que o evento esportivo, mesmo sem a presença de público nas arquibancadas, ajudará a movimentar o segmento no estado. “Apesar de não ter a participação do público, com certeza teremos uma movimentação nos hotéis e em parte do segmento de eventos. É uma excelente oportunidade para nos recuperarmos, além da própria cadeia de turismo”.

Alcimar Morreti disse, ainda, que o país e outros estados já têm realizado torneios de futebol nesse período. “Os campeonatos estão ocorrendo pelo Brasil e ter um torneio internacional na capital mato-grossenses ajudará o turismo local, divulgando nossas belezas para milhões de pessoas para uma próxima temporada de turismo na região. Temos a certeza de que a realização desse torneio vai trazer um alento e um estado de ânimo para comerciantes e trabalhadores que estão passando por dificuldades”.

O presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, também se mostrou satisfeito com a escolha do país e, especialmente, de Cuiabá como uma das cidades-sede dos jogos. “Nossa capital dispõe de um estádio e a devida infraestrutura, pois já foi utilizada na Copa do Mundo de 2014. Todo o comércio, serviços e turismo estão preparados para enfrentar a Covid-19 e atender atletas e torcedores de forma segura. Será uma excelente oportunidade para recuperar nossa economia”.

A Conmebol anunciou o Brasil como nova sede, após a desistência dos países da Colômbia e da Argentina. O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, disse em pronunciamento que o país tem condições e estrutura necessárias para a realização do torneio, preservando a saúde da população. A Copa América tem início previsto para 13 de junho e final em 10 de julho.

Leia mais: Botelho critica agronegócio e pede apoio dos barões do setor para ajudar o segmento de eventos


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS