VENDA SEMINOVOS

Aumenta procura de carros seminovos em Mato Grosso

Houve crescimento nos 5 primeiros meses em Mato Grosso de 16% em comparação com 2018.
Quarta-feira 19 de Junho de 2019
Fenauto
Aumenta procura de carros seminovos em Mato Grosso

Uma pesquisa feita pela Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto) mostra desempenho positivo em Mato Grosso para todas as categorias de veículos seminovos.

Houve crescimento nos 5 primeiros meses em Mato Grosso de 16% em comparação com 2018.

Só nos primeiros 5 meses do ano de 2019  foram comercializados 118,7 mil carros, caminhonetes, caminhões e motocicletas, ante 137,6 mil no mesmo período de 2018. Os automóveis detêm maior participação nas vendas do segmento de usados, com 64,234 mil unidades nos 5 meses de 2019, acréscimo de 14,7% sobre as 56 mil unidades de igual intervalo de 2018. A quantidade de automóveis negociados no Estado representa 46,6% da venda total do segmento de usados este ano.

A motocicletasé a 2ª opção mais buscada pelos consumidores mato-grossenses, com total de 39,9 mil unidades vendidas de janeiro a maio, quantidade 16,2% maior que a venda alcançada no mesmo intervalo do ano passado, quando totalizou 34,3 mil. Relatório mensal divulgado pela Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto) mostra desempenho positivo em Mato Grosso para todas as categorias de veículos seminovos.

No segmento de comerciais leves, o crescimento chega a 15,7% nas vendas acumuladas este ano, com 22,8 mil unidades, ante 19,7 mil no mesmo período de 2018. A Fenauto assinala avanço de 28,3% na venda de caminhões neste ano, com 6.041 veículos até maio, contra 4.709 mil em 2018. Na preferência dos consumidores mato-grossenses estão os modelos considerados usados jovens, com tempo de uso entre 4 a 8 anos. Nessa categoria foram vendidos 61,4 mil veículos, número 14,5% acima das 53,6 mil no mesmo intervalo de 2018.

Na opinião do presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, é preciso cautela na análise dos números, já que o fraco crescimento econômico do país poderá afetar as vendas nos próximos meses. Avaliação semelhante é feita pelo presidente da Associação de Revendedores de Veículos do Estado de Mato Grosso (Agenciauto), Ricardo Jatahy Laub Júnior. “Apesar de ter melhorado a venda, a perspectiva de mercado é complexa, não sabemos o que vai acontecer”, afirmou, em referência às condições econômicas do país.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS