Calçadistas esperam crescimento de 20% nas vendas do Dia das Mães

Lojistas da Baixada Cuiabana estão otimistas com a proximidade do Dia das Mães, comemorado neste domingo (08). Para o Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros do Estado (Sincalco/MT), a expectativa de vendas para o segmento é de crescimento de até 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Considerada a segunda melhor data para o comércio, atrás apenas do Natal, o Dia das Mães pode favorecer e aquecer ainda mais as vendas de determinados segmentos, como os de calçados, roupas e acessórios, por exemplo, que sempre aparecem no topo das opções de presentes neste período.

“Estamos otimistas com a movimentação e o fluxo dentro das lojas nos últimos dias, e como já é hábito dos brasileiros, que deixam para comprar de última hora, a tendência é que as vendas aumentem ainda mais nos próximos dias. Até agora observamos que as datas comemorativas de 2022 tiveram desempenho melhor que as mesmas do ano anterior, isso nos faz acreditar que neste Dia das Mães também teremos um crescimento considerável nas vendas”, aponta o presidente do Sincalco/MT, Junior Vidotti.

Em Cuiabá, de acordo com dados levantados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), a maioria dos consumidores ainda não comprou presentes, já que 77% disseram que irão pesquisar ou comprar somente na última semana ou na véspera. Sobre o local escolhido para a realização das compras, a mesma pesquisa informa que os shoppings centers foram os mais citados pelos consumidores com 42,2% da preferência, seguido por comércio de rua (41,5%), vendedores avulsos (8,4%), internet (5,2%).

Leia também: Dia das Mães aumenta otimismo dos empresários, aponta Facmat

Os presentes mais procurados pelos consumidores para este são os vestuários e acessórios femininos (29,7%), seguidos por cosméticos/beleza (27,9%), calçados (11,5%), joias/relógios (6,7%), telefonia/smartphone (6,7%), móveis e eletrodomésticos (4,2%), eletrônicos (3,0%), cama/mesa/banho (1,2%) e outros (9,1%).

Levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise revela que 79% dos consumidores devem realizar pelo menos uma compra no período.

Em números absolutos, a expectativa é de que aproximadamente 127,2 milhões de brasileiros presenteiem alguém este ano, o que deve movimentar uma cifra próxima de R$ 28,16 bilhões nos segmentos de comércio e serviços.

Leia mais: Dia das Mães traz otimismo ao comércio e projeção de alta de até 5% nas vendas com gasto médio de R$ 400

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE COMÉRCIO E SERVIÇOS

Tagged: , , , , ,