REFORMA ADMINISTRATIVA

Câmara Municipal analisa reforma administrativa enviada pela Prefeitura de Cuiabá

Segundo a prefeitura, a reforma deve gerar uma economia de 1,6% no custeio geral do poder executivo municipal.
Sexta-feira 04 de Outubro de 2019
MT Econômico
Câmara Municipal analisa reforma administrativa enviada pela Prefeitura de Cuiabá

Já está na Câmara de Cuiabá, o projeto de reforma administrativa proposta pela Prefeitura de Cuiabá. O envio foi feito na última quarta-feira (02) e prevê a extinção das Secretarias de Serviços Urbanos e Extraordinária dos 300 Anos. Serão criadas as Secretarias da Mulher e de Turismo.

No lugar da Secretaria de Serviços Urbanos, será fortalecida a Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb), que já existe e será vinculada à Secretaria de Obras. José Roberto Stopa, atual secretário de Serviços Urbanos, será o diretor-geral da empresa pública. Para intensificar o trabalho de limpeza urbana das áreas públicas de Cuiabá, será criada uma diretoria de Zeladoria.

Outra Pasta que será fortalecida é a Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, que passará a ser chamada de Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoas Com Deficiência. De acordo com o prefeito, o objetivo das alterações é intensificar a humanização dos serviços da Prefeitura. 

Já o Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano Sustentável (IPDUS), hoje vinculado à Secretaria de Planejamento, voltará a ser ligada a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável. E a Defesa Civil do Município, atualmente vinculada à Secretaria de Governo, fará parte da Secretaria Municipal de Ordem Pública e Defesa Civil.

Segundo a prefeitura, a reforma deve gerar uma economia de 1,6% no custeio geral do poder executivo municipal.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS