Queda no consumo

Crise do coronavírus afeta produção e distribuição de etanol de milho

O avanço do vírus levou à redução da circulação de pessoas em todo mundo. Por isso, o consumo de combustíveis também foi afetado.
Sexta-feira 17 de Abril de 2020
MT Econômico
Crise do coronavírus afeta produção e distribuição de etanol de milho

De acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a crise econômica decorrente do novo coronavírus afetou consideravelmente a produção, distribuição e consumo do etanol de milho em Mato Grosso. 

A recente paralisação das indústrias de etanol nos Estados Unidos, conforme entendimento dos especialistas, pode afetar a demanda pelo cereal e, como consequência, diminuir seu preço internacionalmente. 

O avanço do vírus levou à redução da circulação de pessoas em todo mundo. Por isso, o consumo de combustíveis também foi afetado.

“Por outro lado, a demanda interna (pecuária) e o real desvalorizado vêm gerando boas oportunidades para os produtores de Mato Grosso, que estão aproveitando para adiantar a fixação do preço de sua próxima safra”, disseram.

Leia mais: Acrimat pede ampliação de prazo para vacinar contra aftosa como medida de segurança


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS