Dias dos Pais deve incrementar em 18% as vendas no comércio da Capital

Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), através de seu núcleo de inteligência de mercado com 250 pessoas, no período de 18/07 a 22/07, mostra que 93,6% dos entrevistados pretendem ir às compras para presentear no Dia dos Pais, já 6,4% não pretendem, sendo o principal motivo a falta de recursos financeiros. Com essa perspectiva, a entidade estima que as vendas do período devem crescer 18,2%, na Capital, ante igual momento do ano passado.

Em relação ao presente que irão comprar, os principais são itens de: Vestuário e acessórios Masculino (moda): 38,2%, perfumes: 23,3%, calçados: 17%, alimentos e bebidas: 5,9%, joias/relógios: 4,9%, telefonia/smartphone: 2,4%, livros/livraria: 1,4%, artigos esportivos: 1,4%, outros: 3,5% e não sabe: 1,0%.

Já questionados sobre a quantidade de itens que irão comprar, os que responderam um presente foram 77,6%, dois presentes: 18%, três presentes: 3,6%, quatro presentes e acima: 0,8%, sendo que o valor do ticket médio, daqueles que pretendem gastar, ficou em R$ 267,45.

“Diante disso, os dados da pesquisa apontam um crescimento nas vendas de 18,2%, quando comparado com 2021”, pontuou o superintendente da CDL Cuiabá e responsável pela pesquisa, Fábio Granja.

Sobre as formas de pagamento, 52,2% pretendem pagar à vista e 47,8% parcelado, utilizando como principais meios o cartão de crédito: 39,6%, dinheiro: 25,2%, cartão de débito: 22,8%, crediário: 7,6%, pix/transferência: 4,4% e outros: 0,8%.

Leia também: Confiança do comerciante cai em julho, mas não reduz expectativas para o 2º semestre

LOCAL DE COMPRAS – Os locais de compras apontados como preferidos foram os shoppings centers: 35,6%, seguido de lojas no Centro da cidade: 31,8%, lojas próximas nos bairros onde mora: 15%, internet (sites on-line): 8,2%, vendedores avulsos: 6%, mídias sociais: 1,1% e outros: 2,3%.

A maioria disse também que irá presentear o pai: 64,4%, esposo: 16,4%, sogro: 6,5% e outros: 12,7% e que ainda não começou a pesquisar o presente: 62,9%, contra 30,6% que já está pensando no item que irá dar e 6,6% que já comprou o mimo.

Questionados sobre quando pretendem começar a pesquisar, 59,3% responderam que na véspera da data, 20,8% disseram que 15 dias antes, 15,6% no prazo de sete dias antes e 4,3% a partir de agora.

Já sobre onde costuma fazer as pesquisas antes de comprar, 61,3% disseram que indo pessoalmente na loja, 15,3% em sites de buscas, 13,5% nas redes sociais, 8,8% sites e-commerce, 0,4% comparador de preços e 0,7% outros.

“O Dia dos Pais é uma das principais datas do varejo brasileiro, tão aguardada pelos lojistas, já faz com que o comércio de Cuiabá se encontre preparado para recepcionar os clientes. As variedades de presentes são extensas, assim como os canais, locais de compras e formas facilitadas de pagamentos. Esperamos movimentar bem a economia local para fortalecermos as empresas da Capital e, consequentemente, continuar gerando mais oportunidades de emprego e renda“, finalizou Granja.

Leia mais: Brasil registra saldo positivo de mais de 1,19 mi de novas empresas abertas; MT somou 43.132

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA E MERCADO

Tagged: , , , , , , , ,