Consumidor

Incertezas econômicas ocasionadas por coronavírus diminui intenção de consumo das famílias

Esta foi a primeira medição desde o início das medidas emergenciais para evitar a proliferação do vírus, como a quarentena.
Sexta-feira 17 de Abril de 2020
MT Econômico
Incertezas econômicas ocasionadas por coronavírus diminui intenção de consumo das famílias

Devido à crise instaurada com a pandemia do novo coronavírus, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) caiu 2,5% de março para abril. Este é o menor nível registrado desde novembro de 2019, Indicador é medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

Esta foi a primeira medição desde o início das medidas emergenciais para evitar a proliferação do vírus, como a quarentena. De acordo com o presidente da confederação, José Roberto Trados, fator está associado às incertezas econômicas decorrentes da pandemia

Emprego atual, renda atual, nível de consumo, perspectiva de consumo e momento para compra de bens duráveis também apresentaram queda. Dos sete analisados, apenas o acesso teve alta. Perspectiva profissional se manteve estável. 

Leia mais: Prefeito de Cuiabá prorroga para julho pagamento do IPTU e proíbe negativação de nome de contribuintes


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS