dados da fgv

Índice de Clima Econômico do Brasil tem queda e registra 60,9 pontos negativos

Maior queda foi registrada no Paraguai, que caiu de 28 pontos positivos para 70,4 pontos negativos. Melhor país foi o Chile, que teve menor queda, com 48,3 pontos negativos.
Quarta-feira 27 de Maio de 2020
MT Econômico
Índice de Clima Econômico do Brasil tem queda e registra 60,9 pontos negativos

Com a pandemia do novo coronavírus, Índice de Clima Econômico no Brasil recuou 2 pontos negativos em janeiro para 60,9 pontos negativos em abril. Dados foram divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira (26). 

Índice de Situação Atual caiu de 52,2 pontos negativos par 90,9 pontos negativos. Índice de Expectativas passou de 65,2 pontos positivos para 22,7 pontos negativos.

Indicadores recuaram em 11 países latino-americanos pesquisados. Índice é calculado com base na opinião de especialistas em economia dos respectivos países. Na América Latina, índice recuou de 14,1 pontos negativos em janeiro para 60,4 pontos negativos em abril. Este é o pior resultado da história da pesquisa.

Maior queda foi registrada no Paraguai, que caiu de 28 pontos positivos para 70,4 pontos negativos. Melhor país foi o Chile, que teve menor queda, com 48,3 pontos negativos.

Leia mais: Mercado financeiro aponta dólar alto e queda na economia de 5,89% em 2020


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS