BANDEIRA AMARELA

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica e consumidor pagará mais caro pelo serviço

Em Mato Grosso, a Aneel aprovou o aumento de 11,29% na energia elétrica este ano
Segunda-feira 29 de Abril de 2019
Redação
Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica e consumidor pagará mais caro pelo serviço

No mês de maio, a bandeira tarifária da energia elétrica será amarela, conforme anunciou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) , ou seja, o custo adicional de R$ 1 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumido. 

De acordo com a agência, embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico e motiva o acionamento da bandeira amarela.

“Diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o preço esperado para a energia (PLD) deve permanecer próximo ao registrado nos últimos meses”, informou a Aneel.

Sistema

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. 

Na amarela há o acréscimo de R$ 1 a cada 100 kWh consumido. Na vermelha, no patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3 a cada 100 kWh; no 2, o valor extra sobe para R$ 5.

Mato Grosso

Em Mato Grosso, a Aneel aprovou o aumento de 11,29% na energia elétrica este ano, conforme citado pelo MT Econômico neste link.

O reasjuste tarifário anual começa a valer a partir de 1 de maio, caso o Concel, que é o conselho dos consumidores de energia elétrica não consiga ter êxito na reconsideração da revisão do ajuste. Veja mais neste link.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS