Abertura de Empresas

Mais de 12 mil empresas foram abertas em Mato Grosso em 2019

Em Mato Grosso, existe atualmente cerca de 161 mil empresas ativas no estado, não inclusa a categoria Microempreendedor Individual (MEI)
Quinta-feira 26 de Dezembro de 2019
MT Econômico/Jucemat
Mais de 12 mil empresas foram abertas em Mato Grosso em 2019

Em 2019 foram abertas 12.741 empresas em Mato Grosso. O segmento que mais cresceu foi o de Serviços, com a abertura de 7847 novos empreendimentos, sendo 710 filiais.

Os dados são da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat) e se referem ao período de janeiro a novembro deste ano.

O segundo setor que mais empreendeu foi o comércio, com a abertura de 5348 novas empresas, sendo 1015 filiais. 

Já o setor industrial teve menos destaque, registrando a abertura de apenas 972 indústrias, sendo 110 filiais. 

Em Mato Grosso, existe atualmente cerca de 161 mil empresas ativas no estado, não inclusa a categoria Microempreendedor Individual (MEI).

Facilidade na abertura de empresas

Boa parte das novas empresas foram abertas a partir do registro automático, implantado na Jucemat em junho de 2019. Por meio da ferramenta tecnológica, é possível abrir uma empresa pela internet, de forma rápida. O tempo médio de análise de um processo digital neste ano foi de 7 horas, mas se realizada em dias úteis, a empresa pode ser aberta em minutos.

“Neste ano demos grandes passos para melhorar o atendimento aos que querem empreender em nosso estado. Antes do registro automático, um processo demorava cerca de 90 dias, porque era tudo manual. Os mais prejudicados eram os empresários do interior do Estado, que mandavam os processos por malote”, explica a presidente da Jucemat, Gercimira Rezende. 

Além da agilidade, o processo digital traz mais segurança para os empresários, já que a ferramenta diminuiu drasticamente a taxa de erros na abertura de empresas. 

Integração de dados

Em parceria com o Sebrae-MT, a Jucemat firmou uma cooperação com 21 municípios para integrar dados e tornar o registro de empresas ainda mais fácil ao empreendedor. Com a novidade, o licenciamento municipal é feito de forma automática no processo de abertura de empresas. 

Entre os municípios do termo de cooperação estão: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Campo Verde, Primavera do Leste, Cáceres, Nova Mutum, Sorriso, Sinop, Alta Floresta, Paranaíta, Guarantã do Norte, Nova Ubiratã, Terra Nova do Norte, Jaciara, Campos de Júlio, Colíder, Campo Novo do Parecis, Diamantino, Canarana.

A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (Redesimples) é o sistema integrado que permite a abertura, alteração, baixa e legalização de empresas de forma rápida, eficiente e simples, que passou a ser utilizado pelas prefeituras.

Projeto de modernização

Para continuar avançando na melhoria da prestação de serviços, a Jucemat irá implementar em parceria com o Sebrae Nacional, o projeto Empreendedor Digital – Transformando o Registro de Empresas. Nos próximos dois anos serão colocadas em prática soluções inovadoras para o registro mercantil.

“O ambiente empresarial de Mato Grosso só tem a ganhar com a modernização do registro mercantil. É de suma importância oferecer processos mais facilitados para atrair quem quer investir em nosso estado. Estamos de portas abertas para atender os empreendedores na abertura de empresas”, afirma.

O Convênio prevê um investimento total de cerca de R$ 20 milhões a serem divididos entre os projetos de todos os estados participantes, com uma parte custeada com recursos do Sebrae nacional, e outra parte por contrapartida.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS