NOTA MT

Material do programa Nota MT é distribuído e governo aposta no aumento da arrecadação

Comerciantes também poderão fazer o download e a impressão do material no site do programa
Sexta-feira 28 de Junho de 2019
SEFAZ
Material do programa Nota MT é distribuído e governo aposta no aumento da arrecadação

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) começou  a entregar no comércio o material orientativo sobre o programa Nota MT.

Nesta sexta-feira (28.06), será feita uma ação intensiva de distribuição do material na região central de Cuiabá. Ela se estenderá nos próximos dias às demais regiões da capital e também em Várzea Grande.

A ação alcançará, ainda, os estabelecimentos do interior do estado que receberão ao longo das próximas semanas o conteúdo midiático.

A Sefaz ressalta que todo o material também está disponível para download no portal da Nota MT. Dessa forma, o comerciante pode fazer a impressão dos cartazes para afixar no seu estabelecimento.

De acordo com o artigo 16 do Decreto 139/2019, que institui e regulamenta a Nota MT, os estabelecimentos mato-grossenses, fornecedores de bens e mercadorias, são obrigados a informar, mediante cartazes e verbalmente no ato da venda, aos consumidores o direito de incluir o número do seu CPF na nota fiscal.

A falta de emissão da nota fiscal ou a recusa a incluir o CPF do consumidor no documento são infrações e estão sujeitas às penalidades. Caso o consumidor se depare com alguma situação semelhante, ele poderá registrar uma reclamação no site da Nota MT.

A inserção do CPF na nota pode ser solicitada nas compras de mercadorias ou bens, com exceção das vendas realizadas por microempreendedor individual (MEI). Dentre as vendas em que é possível pedir o CPF no documento fiscal estão as realizadas em supermercados, lojas de departamentos, bares, restaurante, padarias, postos de combustíveis, hotéis e lojas de calçados e artigos para viagem.

A compra de produtos na modalidade “delivery” como pizzarias, lanchonetes, restaurantes, farmácias e floriculturas também são exemplo em que o CPF pode ser solicitado na nota. Nestas situações, é necessário que o fornecedor e o consumidor estejam localizados no mesmo município.

Para participar do programa Nota MT, além de pedir o CPF na nota é necessário possuir um cadastro com usuário e senha, que deve ser realizado somente uma vez. Para se cadastrar basta instalar o aplicativo no seu celular ou acessar o site da Nota MT, escolher a opção “criar conta” e informar os dados solicitados.

Nota MT

O Programa Nota MT visa estimular os consumidores de Mato Grosso a solicitarem o CPF na nota fiscal no momento da compra. É uma ação que estimula o exercício da cidadania fiscal, incentiva a emissão de documentos fiscais e combate à sonegação.

Semelhante aos programas existentes em vários estados, a Nota MT permite que o cidadão acumule bilhetes para participar de sorteios, com prêmios de até R$ 50 mil. Realizados de forma eletrônica, com base na extração da Loteria Federal, os sorteios possuem duas categorias: mensais e especiais. Este último acontecerá em datas comemorativas, a serem divulgadas posteriormente.

Dessa forma, cada nota fiscal emitida com o CPF vai gerar dois bilhetes, um para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial, independentemente do valor da compra. Assim, as chances de ser contemplado são dobradas.

Até o final do ano mais de seis mil consumidores mato-grossenses serão contemplados nos sorteios da Nota MT, com prêmios de R$ 500, R$ 10 mil ou R$ 50 mil.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS