Mercado Automotivo

Opinião: Papai Noel vem de carro usado em 2019

Expectativa para dezembro é superar as vendas do mês de novembro, que não foram muito positivas em relação a outubro
Segunda-feira 09 de Dezembro de 2019
Ricardo J. J. Laub Jr.
Opinião: Papai Noel vem de carro usado em 2019

A Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto) apresentou, no início da 1º semana de dezembro, seu relatório sobre o comportamento do segmento de automóveis seminovos e usados no mês de novembro. 

Não seria surpresa se fosse diferente, conforme o informe, novamente houve uma oscilação, desta vez negativa, em comparação com o mês de outubro, num percentual de 9,4%. 

Novembro tem 3 dias úteis a menos que outubro, esse detalhe sugere uma natural diminuição no faturamento. Os dados mostram que foram comercializados 1.219.289 veículos em novembro, contra 1.345.240, em outubro. 

Já quando a comparação é feita com o mês de novembro de 2018, novembro de 2019 demostrou um avanço de 6,3% a mais nas vendas, apontando que, apesar das oscilações neste segundo semestre de 2019, acorreu um crescimento do mercado, se relacionado ao faturamento de 2018. 

A Fenauto ressalta, também, que o acumulado registrado neste ano segue positivo em 2,4%, com uma melhora de 0,4%, mostrando que esses resultados indicam que a tão desejada recuperação prossegue de forma paulatina.

Os modelos de automóveis seminovos e usados mais vendidos no mês são: Gol (74.325), Palio (43.630), Uno (43.489), Fiesta (29.137), Celta (26.862), Fox (22.843), Ka (22.465), HB20 (21.332), Corsa (20.917) e Corolla (20.794). Demais marcam somam 469.938 unidades, perfazendo um total de 795.732 veículos.

Segundo a Fenauto, "é necessário continuar a prestar atenção à variação dos níveis de confiança do consumidor para os próximos meses, fator preponderante para a movimentação da economia". O senhor Ilídio dos Santos,presidente da entidade, ressalta que "o dado interessante é que percebemos esse movimento continuado, no sentido de recuperarmos o desempenho do setor. Acreditamos que essa tendência poderá prosseguir até o final deste ano, e esperamos que se mantenha em 2020".

Mato Grosso

Em Mato Grosso o cenário foi diferente no setor de seminovos. Foi apresentada uma retração nas vendas de 11,1%, se comparado o mês de novembro de 2019 com o mês anterior de outubro. 

Em outubro foram vendidos 29.429 veículos, contra os 26.172 carros usados comercializados em novembro deste ano. Porém, um dado muito significativo coloca essa perspectiva mês a mês em cheque, caso se acredite que novembro de 2019 não tenha sido um bom mês ao verificarmos que na comparação entre novembro de 2018 e 2019 houve um acréscimo de 31,5%, um crescimento de 6.273 veículos a mais neste ano. 

Já o acumulado do ano em Mato Grosso, ainda bem, e contrariando os resultados tímidos que vem ocorrendo em nível nacional, manteve-se em 14,6%, totalizando a negociação até novembro de 2019 de 303.784 vendas, com a impressionante marca de 1.298 transferências por dia. 

Notícia alvissareira para um ano composto de tanta instabilidade política.  É importante deixar registrado que na Região Centro-oeste, o Estado de Mato Grosso lidera o crescimento do setor, sendo seguido pelo Distrito Federal, 12,4%, apenas 2,2% de diferença, mas em relação a Goiás, que teve seu mercado aumentado com 3,7% e Mato Grosso do Sul, 0,3%, Mato Grosso se mostra muito mais positivo, uma região, apesar das preocupações dos empresários e consumidores, muito promissora quando se trata de venda de veículos usados e seminovos.

Dezembro, acreditamos que será muito bom, a AGENCIAUTO/MT – Associação dos revendedores de veículos do Estado de Mato Grosso, entende que este mês de festas sempre foi de muitas vendas, e como todos os anos, deve superar o mês de novembro, e atingindo a casa dos 30 mil veículos vendidos. 

Um dado interessante é a escolha do usado na hora de adquirir. No primeiro semestre de 2019 foram vendidas 2,74 milhões de unidades de veículos usados, no Brasil, de 4 a 8 anos, 0,6% maior que em 2018. Já os automóveis usados, chamados “velhinhos”, com 13 anos ou mais, aparecem em segundo lugar na lista, com 1,55 milhões de unidades vendidas, com crescimento de 4% comparado ao ano anterior. Os carros usados de 9 a 12 anos, venderam 1,34 milhão de unidades, 11,3% a mais do que no ano de 2018. Destes números tiramos uma perspectiva, o usado é uma opção diante de um mercado sob suspeita do investidor. 

É provável que a crise econômica que o país enfrenta, tenha sido um dos motivos que levou os automóveis seminovos e usados para um aumento dos valores dos seus preços. A queda das vendas de carros novos, principalmente entre 2015 e 2017, naturalmente fez com que houvesse uma demanda maior e uma oferta de automóveis usados e seminovos menor. 

Esta ocorrência fez que, pelo menos a média de vendas de usados no Brasil se mantivesse estável. Porém em Mato Grosso, como vimos, houve crescimento acima da média nacional. O cenário é promissor para este fim de ano, devemos terminar o ano, em Mato Grosso, com um crescimento muito acima do projetado para o crescimento do PIB. Todos acreditamos que o automóvel usado é, além de uma ótima opção de aquisição patrimonial e de transporte, um excelente investimento. Dezembro nos apresenta um céu de brigadeiro para se voar na direção de alcançar números expressivos de vendas de usados, não só para este mês, mas como já vimos, para o ano. Que seja mesmo um feliz natal, mesa farta, amor e família, e sem dúvida, pelo visto, um novo usado na garagem.   

Coluna Especial sobre Setor Automotivo

Colunista MT Econômico: Ricardo J. J. Laub Jr.

Historiador e Empreendedor graduado no Curso de Licenciatura Plena em História na UFMT- Universidade Federal de Mato Grosso e em EMPREENDEDORISMO (2005) pelas Faculdades ICE. Com Mestrado em História Contemporânea pela UFMT/PPGHIS. MBA - Master in Business Administration em Gestão de Pessoas, MBA - Master in Business Administration em Gestão Empresarial e MBA - Master in Business Administration em Gestão de Marketing e Negócios. Professor na faculdade, Estácio de Sá - MT, Invest - Instituto de educação superior. Presidente da AGENCIAUTO/MT- Associação do Revendedores de Veículos do Estado de Mato Grosso, com larga experiência profissional na elaboração de planos de negócio voltados para o ramo automobilístico, gerenciamento comercial, administrativo, controle de estoque, avaliação de veículos, processos operacionais e estratégicos para empresas do setor automotivo e gestão de pessoas no âmbito organizacional.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS