Mobiliza Brasil

Programa nacional visa facilitar a atuação de micro e pequenos empresários e promover a geração de emprego e renda

Empresas de micro e pequeno porte são responsáveis por 67% dos empregos gerados em Mato Grosso
Sexta-feira 30 de Agosto de 2019
MT Econômico
Programa nacional visa facilitar a atuação de micro e pequenos empresários e promover a geração de emprego e renda

Mato Grosso é o primeiro estado do Centro Oeste a receber o Mobiliza Brasil, programa de Mobilização pelo Emprego e Produtividade desenvolvido pelo Ministério da Economia em parceria com o Sebrae e diversas entidades.

O objetivo do programa é aumentar a produtividade no país e gerar emprego e renda. A solenidade de lançamento do programa em Cuiabá foi realiza nesta quinta-feira, dia 29, no Centro de Eventos do Pantanal, com a presença de empresários, representantes dos setores econômicos, trabalhadores, autoridades locais e também nacionais, incluindo o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa e o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles.

O programa irá atuar no mapeamento dos entraves que prejudicam o desenvolvimento da economia local e apresentar soluções em prol da competitividade, visando mobilizar governos locais e representantes dos setores produtivos, para viabilizar políticas públicas que possam simplificar o cotidiano de empresas e trabalhadores, principalmente, micro e pequenos empresários. O projeto passará por todos os estados até 2020.

Dar liberdade aos empreendedores foi o principal ponto abordado pelos presentes na solenidade de lançamento. A finalidade é diminuir ou eliminar entraves que impeçam o empresário de investir, expandir e assim gerar empregos.

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, lembrou que o Brasil tem, atualmente, 13 milhões de desempregados, e que o atual governo federal trabalha para destravar a economia, favorecendo o ambiente de negócios.

“Perdemos nossa produtividade nos últimos anos. Comparativamente, na década de 1980 eram necessários dois trabalhadores e meio brasileiros para um americano, hoje são necessários quatro trabalhadores brasileiros para um americano para gerar a mesma produção. Precisamos recuperar nossa produtividade”, declarou Carlos da Costa.

Ele apontou que o principal objetivo do programa de Mobilização pelo Emprego e Produtividade é facilitar a vida do empresário. “Principalmente nos últimos 10 anos, as políticas públicas tornaram a atuação do empresário brasileiro cada vez mais difícil, sufocando quem queria trabalhar, empreender e investir, paralisando o país. O atual governo está atuando para acabar com todos estes entraves e exigências, destravar a economia e gerar os empregos de qualidade que o Brasil precisa”.

O presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles lembrou que a Medida Provisória da Liberdade Econômica, aprovada recentemente na Câmara Federal, veio para libertar os empresários, especialmente os pequenos e micros. “A MP 881/19 foi uma verdadeira carta de alforria ao empresário, garantindo direitos e simplificando regras para estimular o crescimento da economia e valorizar os empreendedores, especialmente as micro e pequenas empresas”.

Em Mato Grosso, a maioria das empresas está na faixa de pequenas e médias, isto é, 99% dos empreendimentos no estado são de pequenos negócios, de acordo com o Sebrae. Atualmente, o estado possui 248 mil pequenos negócios, sendo que 60% deles são de MEI (Microempreendedor Individual). “As empresas de micro e pequeno porte são responsáveis por 67% dos empregos no estado. Além disso, os pequenos negócios geram 63% da massa salarial das empresas e respondem por 35,5% do PIB do estado”, informou o superintendente do Sebrae Mato Grosso, José Guilherme Barbosa.

Aplicativo

A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia irá mapear e disseminar as iniciativas e programa que promovam a remoção de obstáculos à produtividade e à competitividade e engajar os atores locais para a implementação das melhores práticas. Para isso, foi desenvolvido o aplicativo Mobiliza Brasil – canal pelo qual qualquer cidadão poderá sugerir melhorias para o ambiente de negócios de sua localidade.

A ferramenta já está disponível nas lojas virtuais da Apple Store e do Google Play e permite reunir sugestões e organizar dados que servirão de subsídios para a elaboração de políticas públicas.

Em Mato Grosso, o lançamento do programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade contou com a parceria da FIEMT (Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso), Sistema Fecomérico MT – Sesc/Senac, Facmat (Federação das Associações Comerciais e Empresas do Estado de Mato Grosso), Famato (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso), AMM (Associação Mato-Grossense dos Municípios, FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso), Seste e Senat (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), Sistema OCB/MT e Governo do Estado.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS