A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, por unanimidade, acatar um pedido feito pela Energisa, concessionária em Mato Grosso, para prorrogar, até o final do mês, o reajuste anual das tarifas cobradas pela concessionária no Estado. O anúncio foi feito durante a reunião da diretoria da autarquia, realizada na manhã desta terça-feira (5).

Como ocorre anualmente, todo 8 de abril, no aniversário de Cuiabá, entra em vigor o reajuste as mais de 1,5 milhão de unidades consumidores da concessionária, no Estado.

O último reajuste tarifário anual foi definido em 22 de abril de 2021, oportunidade em que o consumo foi majorado – na média entre consumidores residenciais e industriais – em 8,9%, por quilowatt hora, pela Aneel. As tarifas deveriam ser reajustadas na próxima sexta-feira (8), mas a pedido da própria concessionária, foi adiado. A Energisa propôs, entre outras demandas, a prorrogação destes valores até o dia 30 de abril.

Leia também: Energisa investe mais de R$ 14,3 mi em projetos para economia de energia em MT

O relator do processo de reajuste na Aneel, o diretor da Agência, Sandoval Feitosa, entendeu em seu voto que a majoração das tarifas deve ser suspensa até que as medidas relacionadas à discussão do processo tarifário estejam aptas a serem aplicadas.

Os outros diretores acompanharam o voto do relator e suspenderam o reajuste até o final do mês, emitindo uma resolução homologatória e prorrogando as tarifas vigentes de energia elétrica em Mato Grosso.

Leia mais: Após redução de ICMS, contas de energia de fevereiro ficarão mais baratas

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE COMÉRCIO E SERVIÇOS

Tagged: , , , , , ,