Emprego Indústria

Setor de alimentos, têxtil e manutenção puxam recuperação de empregos na indústria

O Brasil foi sucateado entre 2013 e 2018 e em 2019 começou uma recuperação tímida, segundo presidente da Abimaq
Sexta-feira 03 de Janeiro de 2020
Redação
Setor de alimentos, têxtil e manutenção puxam recuperação de empregos na indústria

A indústria da transformação do Brasil começou a reagir no segundo semestre do ano passado, somando um total de 10,7 milhões de empregados, o melhor resultado desde 2015.

Os segmentos que mais contribuíram com a alta de 1,3% em relação aos números de 2018 foram os de alimentos, têxteis e manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos.  

“Para um setor que sofreu tanto na crise, o crescimento de 1,3% no número de vagas é positivo”, afirma Bruno Ottoni, pesquisador da consultoria IDados.

“O Brasil foi sucateado entre 2013 e 2018 e em 2019 começou uma recuperação tímida”, disse José Velloso, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

“Por tudo o que ocorreu em 2019, o resultado foi positivo”, destaca Haroldo Ferreira, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados).


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS